Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

lamentável

Edite Estrela denuncia posição "vergonhosa" da direita e extrema direita no PE contra os direitos das mulheres

A deputada Edite Estrela lamentou hoje a posição "vergonhosa" dos deputados de direita e de extrema direita que, numa coligação negativa em plenário do Parlamento Europeu, inviabilizaram a votação do seu relatório sobre Saúde e Direitos Sexuais e Reprodutivos. O Relatório representa um importante progresso a favor dos direitos da mulher na UE mas os deputados conservadores e de extrema direita votaram a favor de uma resolução que teve como efeito a rejeição da votação do documento apresentado por Edite Estrela.

A relatora do PE denunciou a posição dos deputados do PPE (onde se integram todos os parlamentares do PSD e do CDS/PP) e da direita mais radical. "Lamento que a hipocrisia e o obscurantismo se tenham sobreposto aos legítimos direitos das mulheres. Lamento que, em 2013, o Parlamento Europeu tenha uma posição mais conservadora do que em 2002". "Lamento que os movimentos mais extremistas e fundamentalistas se tenham imposto ao PE. Os cidadãos pedem mais Europa e a resposta é esta. Pobre União Europeia", afirmou.

Recorde-se que a comissão dos Direitos da Mulher e da Igualdade de Género do Parlamento Europeu votou favoravelmente, por duas vezes, as recomendações apresentadas pela deputada. O documento afirma que a saúde reprodutiva deve ser analisada no âmbito dos direitos humanos e como um meio para alcançar a igualdade de género. O Relatório defende ainda a interrupção voluntária da gravidez legal e segura na UE, o acesso a contracetivos e insta os Estados-membros da UE a garantirem a educação sexual nas escolas.

No final da votação, Edite Estrela exortou os cidadãos a lembrarem-se nas eleições europeias do que aconteceu hoje em Estrasburgo. "Os eleitores não deixarão de se recordar desta vergonhosa votação", alertou. "Acho que tudo isto tem uma leitura política e que deve ser feita pelos eleitores que devem no momento da votação pensar que não é indiferente eleger um ou outro deputado para o Parlamento Europeu", acrescentou.
#supportESTRELA

dentro do segredo

depois de uma semana CHEIA, com dias XXL, nada como ouvir o José Luís Peixoto a falar-nos das suas aventuras na Coreia do Norte, roubar-lhe dois beijinhos bons e «resgatar» um autógrafo no livro para o manu lindu.
inesperadamente, encontrámos amigas no cinema São Jorge. e fizemos a festa: conversámos, rimos e destabilizamos a fila dos autógrafos.
beijinhos às miúdas giras e ao pukanino José Luís (é verdade, o maNu LiNdU pergunta se precisas de ajuda com a língua coreana!)

d'Agonia Irreversível

tive oportunidade de trocar alguns «dedos de conversa» com o Carlos Paulo. um actor que muito admiro e por quem tenho uma estima muito enorme. o resultado dessa conversa pode ser lido, em parte, AQUI. o resto fica para quem comigo (e com ele) partilhou aquela tarde de domingo, no café da Comuna. falámos sobre tudo e mais alguma coisa. sim, sobre a crise também. mas sobretudo da esperança que nos move.

agonia irreversível - em cena n'a Comuna

Agonia Irreversível é a proposta do teatro Comuna durante os próximos meses de Novembro e de Dezembro. João Tempera e Carlos Paulo estão em cena com um texto de Juan Benet. fomos à estreia e tivemos que pedir a uma senhora que parasse de comentar a peça a cada momento e aplaudimos de pé. e no final, fomos dar beijinho bom aos actores, que são grandes e enormes.
e às quartas e quintas feiras o preço do bilhete é de amigo: apenas CINCO euros!
prometemos regressar!

o tremoço mais sem sal (II) - especial moda lisboa

fomos à moda Lisboa para ver como páram as... modas! vimos gente gira, gente menos gira. trouxemos literatura do melhor, como se pode ver pela fotografia. o desfile era da Adidas e tinha troncos nus muito jeitosos.
lady B trajava chapéu d'A Madame X, casaco La Redoute, t shirt e túnica made by mamãe Sabel, leggings pretas e botas pretas fly. a poncheta foi comprada ozanos numa loja oriental. é de estimação.
a companhia foi do melhor e  recomenda-se!
nota: se acharem que este blog se está a tornar muito fútil, leiam outro!

quem sou eu?

 

podíamos ser a Branca de Neve ou um dos sete anões, mas não sabemos os nomes de cada um destes. mas atrevemo-nos a ser zezé camarinha, o cristiano ronaldo, o boris ou o bambi.
cantámos. entre uma cantiga e outra, encantámos e desafiámos quem passava a aprender o tanto que a palavra «cenas» encerra. fomos derrotados por fissuras e engolidos por camas e almofadas, mas não deixámos que o nariz de cera derretesse. ignorámos os olhares da censura e percebemos que o pequeno (o mínimo) tem o seu fascínio.
brindámos a nós.
foi maravilhoso, diria mesmo, superlativo.
bué de cenas, 'tá ver? que maçada!

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D