Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

sobre a #terceiraoportunidade

desde há uns meses para cá tenho divulgado as histórias por detrás da vida de alguns cães que conheço na UPPA - União Para a Protecção dos Animais, e que estão no albergue "há tempo demais". 

 

através das publicações que fiz com a tag #terceiraoportunidade apresentei-vos o Ben, a Júlia, a Boba, a Quinoa, a Happy, a Esperança, o Filipe, a Yara, o Fuga, o Fred e a Tapinhas. como eles há muitos cães adultos que aguardam num canil ou num albergue pela oportunidade de ter uma casa, uma família. 

 

a adopção de um cão adulto conhece muitos pontos a favor, um deles é a gratidão do animal para connosco.

 

hoje não vos trago uma história nova nem um apelo específico. hoje o apelo é: se estão a pensar adoptar um cão visitem um canil ou um albergue para conhecer os animais que por lá andam. não tenham o preconceito da idade e deixem que o "click" entre vocês e o cão aconteça.

 

Fred_uppa.jpg

 

e se não podem adoptar, podem sempre apadrinhar um destes animais ou até fazer voluntariado no canil ou albergue mais perto de vós. há muitas formas de ajudar: também podem comprar um caderno/bloco de linhas #uppa_animais - custa 4 patinhas e pode ser enviado via ctt (acresce portes). info: uppa.encomendas@gmail.com

50050970_10216471122142890_4088907731644186624_n.j

 

o glorioso Ben aguarda pela #terceiraoportunidade

ben

 

senhoras e senhores, eis o Ben. o Ben é um peluche muito fofo, mas em forma de cão. adora passeios e tem um comportamento calmo quando vai esticar as patas. como é charmoso q.b. vive na sua box na companhia de duas miúdas giras e caninas. 

 

 

como é o Ben? 

 

o Ben é o verdadeiro cãopanheiro: gosta de abraços e de uma boa brincadeira. está na UPPA - União Para a Protecção dos Animais, desde 2014 e ainda não apareceu a família que o possa fazer feliz. será que está aí, desse lado? 

para saber mais sobre a história do Ben, podem visitar o site da UPPA. dele só posso dizer maravilhas e que, quando entro na box, só apetece mesmo amarfanhá-lo muito. 

 

tumblr_pjfbs1pVjk1qhzqx6o1_500.jpg

para saber mais sobre o Ben, para apadrinhar ou adoptar, entrem em contacto com a UPPA. caso a vossa visita calhe num dos meus "turnos" de tratadora-voluntária, terei muito gosto em conhecer-vos e em levar-vos a passear com o glorioso Ben(fica).

 

fotografias de arquivo da UPPA - União Para a Protecção dos Animais

pesquisem no twitter / instagram por #uppa_animais

 

+ informações sobre o Ben no site da associação

 

para adoptar: uppa.adoptantes@gmail.com

para apadrinhar: uppa.apadrinhamento@gmail.com

 

 

 

a #terceiraoportunidade está de volta em 2019

no ano passado iniciei aqui uma rubrica, às terças, a terceira oportunidade: 

terceira oportunidade resulta da necessidade de partilha de animais que, após abandono ou resgate, ganharam uma segunda oportunidade num canil ou num albergue. esperam agora pela TERCEIRA oportunidade, ou seja, do encontro com a família que possa adoptar, de forma feliz e responsável.

há muitos animais para adopção.

há muitos canis e albergues que diariamente trabalham no sentido de recuperar esses animais. falo sobretudo de cães, tal não é a minha proximidade com esta realidade, enquanto voluntária na UPPA União Para a Protecção dos Animais. 

 

tive oportunidade de vos apresentar o Fred, a Tapinhas, o Fuga, a Yara, a Happy, a Quinoa, o Filipe, a Boba, a Esperança e a Júlia.

a divulgação continua e em breve apresentar-vos-ei alguns amigos de quatro patas que se encontram na UPPA - União Para a Protecção dos Animais desde 2014. 

espero que estes patudos encontrem a sua família-metade em breve!

 

kuka

 

 

quatro anos

 

em janeiro de 2014 o Félix adoptou-nos. uns meses depois, em novembro, o Kioko passou a fazer parte da nossa família. chegou-nos algo raquítico, com as orelhas murchas. aprendeu a ser um rafeiro, na companhia do Félix. cresceu e pesa agora 17kgs. 

 

2014 foi o ano em que a família cresceu pois estes dois "passarinhos" decidiram adoptar-nos.

ambos têm feito alguns disparates: o Félix roeu uma casota, nos primeiros meses. coisas que acontecem, não é? 

 

nesta época festiva se sentires um impulso muito grande para adoptar because natal: não o faças. deixa que o impulso passe. adoptar é um acto de responsabilidade e não deverá ser, a meu ver, uma decisão leviana. sim, os cães que estão nos albergues querem muito passar o natal numa casa: mas não é só este, é este e os próximos. 

também por este motivo, a rubrica #terceiraoportunidade vai regressar em janeiro, partilhando estórias de cães que aguardam pela sua família-metade, há mais de 3 anos, num canil ou num albergue. 

 

adoptar um cão adulto tem muitas vantagens. vive o natal com a tua família, celebra o ano novo e depois em janeiro falamos melhor sobre isso. combinado? 

 

 

 

Quinoa - pastora alemã e RP da #uppa_animais

Screenshot 2018-08-23 21.38.20.png

 

os bons dias da Quinoa 

aos sábados os primeiros voluntários chegam cedo, para garantir algumas tarefas essenciais: apanhar cocós, lavar box, dar as primeiras medicações do dia e começar a preparar a refeição dos UPPAlianos.

quando abrimos o portão a primeira pessoa-não-humana que nos cumprimenta é a Quinoa, a pastora alemã que dorme na sua casota de madeira e toma conta do albergue, por assim dizer. lá vem ela, de rabo a abanar e a ladrar, anunciando aos outros residentes que há gente a chegar. 

quinoa.JPG

 

vou ser sincera: a Quinoa é uma refilona

quando passa à frente das outras box, gosta sempre de dar o ar da sua graça e ladrar aos CÃOpanheiros. mas hey, é uma pastora alemã e essa vontade de pôr toda a gente na ordem está-lhe no sangue. acreditem, é mesmo só para disfarçar o doce de cadela que é.

 

os amigos da CÃO NOSSO apadrinharam a Quinoa e partilham neste artigo uma entrevista com a Sandra Vicente, membro da direcção da associação. apadrinhar também é uma forma de ajudar os UPPAlianos. 

 

 

 

fotografias de arquivo da UPPA - União Para a Protecção dos Animais

pesquisem no twitter / instagram por #uppa_animais

+ informações sobre a Quinoa no facebook da associação

 

para adoptar: uppa.adoptantes@gmail.com

para apadrinhar: uppa.apadrinhamento@gmail.com

 

 

a Happy mora na #uppa_animais

 

a Happy quer muito ser feliz, junto de uma família que a possa adoptar

quando chegou ao albergue da UPPA, há uns anos, a Happy transportava consigo onze bebés. ONZE! imaginem só! chegou medrosa e assustada e sem grande fé na humanidade. foi recolhida da rua e passo a passo foi ganhando confiança e revelou-se uma excelente companheira. 

 

a Happy é, sem dúvida alguma, uma jóia de moça

é uma cadela já adulta e que gosta muito de festas e de estar perto de humanos. aprecia umas boas sestas à sombra e quando a chamamos lá vem ela, a abanar-se toda, à espera de festas.

gosta de passeios à trela e de partilhar a sua manta com outros UPPAlianos. 

 

adoptar um cão adulto?

ter um cachorro tem a sua graça (já dizia a minha avó, tudo o que é pequenino tem graça!) e concordo que é muito #cutenessoverload ter um cãozinho bebé em casa. MAS - e agora vem aí o MAS que vai ser um pró para a adopção de cães adultos, sem que seja propriamente um contra para a adopção dos bebés - MAS (repito) adoptar um cão adulto é dar AQUELA oportunidade a quem viveu grande parte da sua vida num albergue, no canil ou na rua. 

por muito bem que os tratemos, que os acarinhemos, a verdade é que não há nada como ter um lar, uma cama ou uma manta onde se pode dormir tranquilamente, alguém que os leve a passear. 

 

eu sei que não é possível salvar todos os cães errantes - ficava tão feliz se a Happy pudesse encher a casa de uma família com a sua ternura e o seu perfil dócil. 

 

 

fotografias de arquivo da UPPA - União Para a Protecção dos Animais

pesquisem no twitter / instagram por #uppa_animais

fotógrafa: Joana Gomes

+ informações sobre a Happy  no facebook da associação

 

para adoptar: uppa.adoptantes@gmail.com

para apadrinhar: uppa.apadrinhamento@gmail.com

 

 

 

 

será que é hoje que chega a #terceiraoportunidade da Júlia?

 

 a Júlia tem um olhar à David Bowie e...

...é o doce que podem ver nas fotografias. é bem disposta, afável e adora brincadeira.

se não acreditam, espreitem ao 00:36min e mais ao menos ao 01:06min deste vídeo do 9º aniversário da #uppa_animais

ah! e não dispensa uns bons banhos de sol, como prova esta fotografia 

 

julia-banhos-de-sol

 

 

gostava MUITO que todos os cães que se encontram na #uppa_animais tivessem a oportunidade de viver num lar, como o meu Félix e o meu Friqui.

custa-me especialmente pensar que a Júlia está no albergue desde que conheço a associação: a Júlia está na uppa há 5 anos. já é adulta e isso pesa no momento de adoptar. as pessoas acabam por preferir os cachorros para os ver crescer.

acreditem que a gratidão de um cão adulto que é adoptado é um sentimento que supera tanta coisa. supera aquele xixi fora do sítio, nos primeiros dias, supera os pêlos na roupa, supera o tempo que investimos na criação de rotinas.

 

fotografias de arquivo da UPPA - União Para a Protecção dos Animais

pesquisem no twitter / instagram por #uppa_animais

fotógrafa: Joana Gomes

+ informações sobre a Júlia  no facebook da associação

 

para adoptar: uppa.adoptantes@gmail.com

para apadrinhar: uppa.apadrinhamento@gmail.com

 

senhoras e senhores, eis o focinho da Esperança

 

costumo dizer, a brincar, que ela será a última a morrer

não é o que o povo diz? que a Esperança é a última a morrer. pois bem, esta Esperança patuda está na #uppa_animais desde 2013, à espera da família que a possa adoptar. lembro-me da chegada dela ao albergue, na companhia do Salvador e do Trevo. podem saber a história completa através deste vídeo, que regista o momento de acolhimento da Esperança no albergue, vinda da Casa dos Animais de Lisboa

 

Esperança3.jpg

 

"but first, let me take a selfie"

é a patuda ideal para inudar os vossos "instagrames" com selfies #cutenessoverload como esta aqui em cima. além disso a Esperança adora colo, receber mimos e passear. tem muita energia e recebe-nos sempre com um sorriso, quando abrimos a porta da box.

venham daí conhecer o rosto, perdão, o focinho da Esperança! 

 

 

 

fotografias de arquivo da UPPA - União Para a Protecção dos Animais

pesquisem no twitter / instagram por #uppa_animais

fotógrafa: Joana Gomes

+ informações sobre a Esperança  no facebook da associação

 

 

 

 

 

 

permitam-me que vos apresente a Boba

 

uppa-e-joana-na-uppa

 

se há alguém que sabe receber um voluntário na box, é a Boba

nós entramos e, por norma, os cães agitam-se. estão felizes por nos ver e a nossa presença pode ser sinónimo de mimos, comida ou de passeio. portanto, saltam e pulam como se não nos vissem há três páscoas e um são joão.

já a Boba... a Boba é meiga, até na recepção. vem ter connosco, cheira as nossas pernas e vai-se chegando. dá uma lambidela numa perna e na outra até que não resistimos mais e nos colocamos à altura dela. o resultado? limpeza de pele na cara, claro!

 

de companheira de um lar de idosos para o albergue da #uppa_animais 

a Boba chegou à UPPA com a Petra (entretanto falecida) a Unka (que ainda está connosco no albergue) e o Tocha (o cão sénior mais resistente de sempre). viviam num lar de idosos que acabou por fechar. a uppa é a casa da Boba desde 2013. agora que faço as contas, foi nesse ano que conheci o albergue da uppa e apadrinhei o meu afilhado Fred. todo o tempo passado num albergue é tempo demais para um cão que merece ter uma família, sejam dias, meses ou, neste caso, cinco anos.

 

uppa-bobba-no-rio

 

se consideras adoptar um cão adulto, visita a Boba, no albergue da #uppa_animais. há boas razões para adoptar um cão já adulto. neste artigo encontras pelo menos dez boas razões!

 

 

 

fotografias de arquivo da UPPA - União Para a Protecção dos Animais

pesquisem no twitter / instagram por #uppa_animais

fotógrafa: Joana Gomes

+ informações sobre a Boba  no facebook da associação

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D