Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

para quem tem cão ou gato (e não só)

2018-04-29 12.04.45.jpg

 

o desafio é partilhar a minha experiência com animais: a experiência que tenho desde miúda e aquela que adquiri com o voluntariado na UPPA. mensalmente podem ler artigos sobre os mais variados temas: qual o espaço ideal para o meu cão, que cuidados ter com a vacinação e desparasitação, histórias de voluntariado, momentos felizes e momentos tristes.

 

há de tudo um pouco, ali mesmo, no site do intermarché.

 

20210866_cTOy6.jpeg

 

 

 

:: r i t a ::

 

 

"Nesta série de comédia dramática dinamarquesa, a independente e assertiva professora Rita é adorada pelos seus alunos, mas parece ter menos êxito com os adultos."

 

986-545-foto_capa.jpg

 

depois de Broadchurch, esta é a série que estou a acompanhar na netflix. fala-se dinamarquês e isso obriga-nos a estar mesmo atentos às legendas. ao princípio soava a algo muito, muito estranho. depois, habituamo-nos à sonoridade. 

algures, num dos episódios, Rita diz: "já me lembro por que me tornei professora: foi para proteger as crianças dos seus pais" - acreditem, professores assim (também) fazem falta.

quando for grande quero ser como a Rita - mas sem filhos. já não vou a tempo.

 

marcas humanas, demasiado humanas?

10846439_819772071412532_7527738188839828532_n.jpg

 

a associação de marketing digital convidou-me para conversar um pouco sobre a minha experiência no mundo do marketing digital | social media

sugeri um tema que muito me agrada e que norteia o meu trabalho enquanto formadora e consultora na cultura digital: a humanização das marcas (e das pessoas?) 

 

conto convosco? 8 de maio, pelas 19h, no lux lisboa park 

 

podem saber mais AQUI

podcast, disse ela - ou melhor, dissemos nós!

Screenshot 2018-03-15 14.53.09.png

estive com a sónia costa e a elsa fernandes, nos estúdios da U.Porto Media Innovation Labs para conversarmos sobre mudanças profissionais e desafios.

conheci a sónia há uns anos, numa das primeiras formações que fiz em social media. a elsa conheci através do twitter. actualmente partilhamos a mesma casa, no que à formação diz respeito: somos formadoras na flag: a sónia e a elsa, no porto, eu em lisboa. 

em novembro do ano passado estivemos juntas no websummit onde partilhámos conversas, desabafos e perspectivas sobre a vida de quem trabalha em marketing digital, como nós. 

 

 

as pessoas gostam, no geral, de ouvir histórias de sucesso e ignoram muito o trabalho que o sucesso dá, um trabalho que é diário e exige bastante energia. é um clássico: adoram resultados e esquecem o(s) processo(s).

para quem visita este blog com frequência sabe que partilho as coisas boas e as menos boas - com estas procuro aprender e (sor)rir. 

as conversas da sónia e da elsa abordam um pouco de tudo: o sucesso e os fracassos que fazem parte do caminho. sim, assumimos um tom optimista, de quem gosta de ver o copo (de gin, de tinto) meio cheio.

Screenshot 2018-03-15 14.53.32.png

visitem o site Podcast, disse ela. e aproveitem para ouvir as outras conversas que por lá "andam" 

o desafio? gravar (um pouco d)a minha estória

e eu disse: ok, vamos a isso. 

escrevi algumas linhas, sentei-me na beira da cama com o gravador na mão.

enviei o ficheiro para o bernardo que teve a amabilidade de me responder e de me "arrumar" no podcast com uma das artistas portuguesas que mais admiro: a manuela azevedo.

no texto de apresentação do podcast, o bernardo chamou-me joana sofia: está óptimo, até porque a filoSOFIA é tudo aquilo que transpiro. 

vá, passem por AQUI e oiçam o podcast. 

 

mw-320.jpg

 

 

Screenshot 2018-03-09 13.30.33.png

 

: s : l : o : w : l : y :

tumblr_p41v1lttbS1qhzqx6o1_500.jpg

 

cidade do porto, duas amigas e vários dedos de conversa. um fino, uma pizza e um café. falar sobre mudança, a atitude positiva de quem não desiste, de quem persiste, de quem insiste - que é possível fazer aquilo que nos faz felizes (mesmo com dias de merda). 

andar numa cidade que não é a minha, como se a conhecesse desde sempre. apanhar o comboio e vestir uma rotina que não é minha, como se fosse. chegar a casa (à tua) e sentir que é um bocadinho minha. escolher o vinho para beber e vestir uma roupa sexy só para te agradar (entenda-se, um pijama de algodão, com unicórnios). 

tumblr_p45bl5pgEG1qhzqx6o1_500.jpg

 

frango de churrasco, batatas fritas e uma gaveta no frigorífico cheia de super bock: o que é que uma miúda pode pedir mais, no dia de são valentim? 

nem um postal com corações, nem um ramo de flores, nem nada digno do instagram. [that's how i like it ]

 

tumblr_p476nihAJQ1qhzqx6o1_500.jpg

 

alinhavar ideias à volta das relações públicas. preparar formação. ler. fazer chá. ver a chuva lá fora a cair. e a vontade de voltar a casa. 

tumblr_p47kvxhge51qhzqx6o1_500.jpg

 

home is where wifi is - e isso, definitivamente, não acontece nos comboios da cp. 

 

tumblr_p4assoSTmf1qhzqx6o1_500.jpg

 

e eis que chega o fim-de-semana, em casa, na aldeia. com um tacho de ervilhas patrocinado pela mãe Sabel, com um félix aos saltos, um friqui anti-social e um kioko cheio de sono. sair para trabalhar um bocadinho, de manhã e fazer planos com a mai'nova.

faltou a energia para visitar a mel, na uppa. 

 

devagar, devagarinho, slowly

 

basicamente, faço perguntas

Screenshot 2018-02-07 19.48.26.png

 

trabalhar em social media, comunicação, filosofia: tudo isto implica usar uma ferramenta muito útil, quotidiana e que usamos, por vezes, sem grande consciência

 

dou formação em twitter e deparo-me com a dificuldade em encontrar estudos, casos de marcas, entidades, instituições, figuras públicas que usam esta rede social. intriga-me saber o porquê desta rede, a forma como apostam e se posicionam nela, os conteúdos e os resultados 

 

resolvi começar a fazer perguntas e a recolher dados para ter casos para apresentar nas formações. cá está o estranho caso do cinema são jorge

:: andar de mãos dadas com ::

tumblr_p2papu9qQF1qhzqx6o1_500.jpg

 

estava aqui a ouvir a sónia e a elsa, no podcast, disse ela e a olhar para a vida à minha volta: pilhas de livros e de papéis, uma lista #ToDo recentemente arrumada, uma tese para acabar, prazos para cumprir, o bilhete de comboio para ir até ao norte para namorar. 

sinto-me cansada. a agenda não pára e são muitos os momentos em que as coisas me parecem fugir das mãos. há dias em que sinto falta do emprego "nove às cinco", onde se pode chegar a uma hora e fechar a porta do escritório - ponto. 

há grupos de trabalho no facebook, no slack, no whatsapp, no messenger, no twitter... todos eles a exigir a minha atenção. e não vos falo dos e-mails.

ontem estive no jardim de infância a filosofar com a malta mais nova. e quando dou por mim, tinha a I. agarrada à minha perna, à procura da minha mão. confesso que devo ter perdido ali o fio à meada à conversa (UPS) pois olhei para a I. e perguntei: estás bem? ela disse que não, que estava atenta mas que estava sem vontade de participar.

passei o resto do tempo de mão dada com a I.. registei o momento, nesta fotografia. para me lembrar que é fundamental parar só para perguntar ao outro "como estás?". 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D