Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

sobre os não lugares

estou a preparar um texto sobre a Utopia e o caríssimo Thomas Moore - consta que passam 500 anos sobre a publicação da obra.

curiosamente, encontro este texto da Cristina, sobre mudar de vida e afins. e apeteceu-me entrar numa de "cantar à desgarrada", mas sem fado, apenas com palavras.

tenho algo a dizer sobre as utopias e sobre o mudar de vida. fiz disso o lugar que ocupo agora e que até há algum tempo (atrás, nunca para a frente), era uma verdadeira utopia.

é curioso como todos "assinamos por baixo" as frases inspiracionais que nos motivam a largar tudo, vender o sofá e ir para a índia ou a terminar com a vida infeliz que o casamento nos proporciona. há aqueles que têm medo de dizer que ser mãe ou ser pai é horrível - há uma regra súbtil que nos diz que isso é maravilhoso. 

assinamos por baixo, partilhamos nas nossas redes sociais e depois entramos em pânico quando a mudança está ali mesmo à espreita. 

às vezes não é preciso coragem para mudar. às vezes não há tempo para ter coragem, para reconhecer o lugar que deixou de o ser e abraçar o novo lugar. tantas e tantas vezes somos a mudança a acontecer, em nós - e estamos convencidos que "é a vida", que "é a crise", que "é isto ou aquilo" que nos obrigam a mudar. e a mudança não é uma coisa romântica. a mudança é aquilo que nos acontece todos os dias. nem sempre temos consciência disso e então, quando essa consciência surge e temos que pensar e falar sobre a mudança, fica mais bonito colocar umas pinceladas de romantismo e de inspiração - para os outros. a verdade é que o tempo não corre a nosso favor e "the time is now". tens duas opções: mudar ou mudar. 

a utopia é pensar que nada muda: que ele nos vai ligar no dia a seguir, que os meus sapatos preferidos não se vão estragar, que o emprego é para sempre, que o café central da aldeia nunca vai fechar. 

 

 

 

 

 

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D