Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

palavras & gestos que dizem tanto

há dias, o pet publicou um artigo meu intitulado "10 razões para adoptar um cão adulto". baseada na minha própria experiência como adoptante e após alguma pesquisa, estabeleci dez bons motivos para escolhermos um cão adulto em vez do ai-oh-pah-que-fofo-tão-pequenino-uma-bola-de-pêlo 

nada tenho contra a adopção de cães bebés: também há muitos e precisam de carinho e amor. a questão é que os canis e os albergues estão "atulhados" de bolas de pêlo que já foram pequeninas e fofas e que agora são cães jovens ou adultos. são várias as circunstâncias que levam um cão a conhecer um canil ou um albergue: fogem e perdem-se, são abandonados, são encaminhados pelas famílias por questões de desemprego, doença ou mudança de residência/país. são vários os motivos - e acreditem que cada vez mais evito julgamentos prévios sobre estas coisas. como voluntária na UPPA - União Para a Protecção dos Animais o meu foco é na solução - não nos problemas do passado. esses que fiquem no passado.

 

a propósito do texto Associação 4 por 1 enviou-me este e-mail:

 

"Este e-mail é puramente para agradecer, de coração, o seu artigo com o título ''10 razões para adoptar um cão adulto'', que foi publicado no jornal Público.
Num país assolado pela falta de empatia entre seres humanos e animais, cujos direitos e espaço próprio no mundo são constantemente subjugados e abafados pela sociedade, ler um artigo, tão belo como o seu, que lhes dê voz e que procura abrir a mente portuguesa ainda tão fechada, é reconfortante. Partilhamos o seu artigo na nossa página. É uma outra forma de lhe agradecer, um pequeno tributo, pelo poderoso gesto que teve. Se todos tivessem a sua e nossa abertura de pensamento, a vontade de compreender, de cuidar, de agir e mudar, este mundo seria um lugar melhor e a presença de associações com uma missão como a nossa, não teria (felizmente) razões para existir."

 

tenho vários amores na UPPA - partilho alguns deles aqui, neste meu blog "à beira-mar plantado". é inevitável criarmos laços com os patudos. há empatias difíceis de explicar. umas são imediatas, à primeira vista ou ao primeiro passeio. outras são construídas com amor, tempo e confiança. a minha relação com a Mel começou com um passeio durante o qual eu era apenas o ser humano na ponta da trela. e o culpado é o Morais, que me deu a conhecer a Mel e confiou em mim.

 e agora é isto: 

 

14211970_10209520327337364_6953992711131659264_n.j

 

não conheço a Associação 4 por 1. percebi, pela página do facebook, que se encontram algures por Vila do Conde. não será fácil para mim visitá-los, mas quem sabe desse lado não está alguém que tenha umas horas por semana, paixão por animais e queira investir algum tempo com cães como a Mel - e que esteja pela zona. contactem a Associação 4 por 1 e colaborem.

 

há várias formas de ajudar as associações: participando em recolhas nos supermercados, com donativos - e até doando a sua própria roupa: foi o que fez o Luís Franco-Bastos no evento hang in there que acontece, hoje, no mercado time out (cais do sodré, lisboa). 

o Luís é um assumido dog lover e há algum tempo que descobrimos que a Júlia - uma UPPAliana - é uma espécie  de "irmã gémea" do cão que o Luís adoptou, o Balotelli

 

há palavras e gestos que dizem tanto: o e-mail da associação 4 por 1, o gesto do Luís, a brincadeira com a qual a Mel me brinda quando abro a porta da box dela. às vezes as palavras são pequeninas para dizer esse tanto.

 

a todos vós que colaboram a favor da causa animal, fica o meu obrigada. sois grandes!

hi5!

 

mel na praia .jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D