Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

O girassol, a vontade e a representação. E o boicote do caracol. Humpf!

Conhecem aquelas pessoas que agem como se o mundo inteiro estivesse organizado contra elas? O Arthur pode, facilmente, ser integrado num desses grupos. Mas se o conhecermos melhor, mudamos de opinião.  Bastou uma tarde de sol e uma conversa na horta para (também) eu mudar de ideias sobre o Arthur. Sim, confesso que a vizinhança não viu com bons olhos a chegada do autor de O Mundo como Vontade e Representação à aldeia. Sim, isto de morar numa aldeia também tem aspectos menos positivos: todo um diz-que-disse. E eu fui apanhada por esses comentários, algures entre uma ida ao pão e uma caminhada com o meu cão.

Assim que se mudou para cá, Arthur rapidamente adoptou o hábito de me acompanhar na horta. Ele gostava de apreciar o crescimento das sementes. Muitas vezes ficamos em silêncio, outras vezes, o Arthur não se cala. E é muito bom ouvi-lo falar.

Arthur, há mais coisas no céu e na terra do que tédio e frustração, dizia-lhe eu. Repara só nestes girassóis a crescer, não é maravilhoso?

É, Joana, sem dúvida, mas já viste que o seu crescimento está a ser boicotado por um qualquer animal? Um caracol, aposto. As folhas todas roídas..., disse-me com um sorriso malandro. Franzi-lhe o sobrolho e disse: pois, acho que tenho que instalar uma câmara de vigilância para averiguar responsabilidades. Mas não desvies a conversa.

A vontade, Joana, a vontade. Se nesses girassóis que vemos a nascer a vontade se encontra nas suas manifestações instintivas, em nós, humanos, a vontade atinge o grau máximo. Nós somos a afirmação do ser, somos a vontade. Temos possibilidades éticas, estéticas e místicas para desvelar a aparência, a ilusão das representações.

Sim, Arthur, compreendo. E depois? Se aprisionarmos a vontade dentro de nós, não vamos deixar de viver rodeados de ilusões. Se a vontade nos dominar, transforma-se em sofrimento, dor. E o tédio. Arthur, o tédio faz-me muito mal à pele, já te disse!, respondi e recebi de volta uma sonora gargalhada. Sim, Schopenhauer é capaz de rir.

Sabes que mais? Gostava era que a vontade do caracol não colidisse com a vontade do girassol em nascer, e com a minha vontade em vê-lo florir e dar sementes para o meu hamster, o Jet Lee, satisfazer a sua (infinita) vontade em se alimentar. Isso é que era ouro sobre azul, Arthur.

De novo, recebi como resposta uma gargalhada. Sim, Schopenhuaer é capaz de rir e de forma muito ruidosa. Toda a aldeia se apercebe disso, aposto.

Continuámos o trabalho na horta. Quando o sol se pôs, arrumámos o material e despedimo-nos. Disse um até amanhã, Arthur, mas não recebi de volta um até amanhã; fui brindada com as seguintes palavras:

Antes de procurar a iluminação, as montanhas eram montanhas e os rios eram rios. Enquanto procurava a iluminação, as montanhas não eram montanhas e os rios não eram rios. Depois de alcançar o satori, as montanhas eram montanhas e os rios eram rios.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D