Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

Ice, Ice, baby!

 

o Ice chegou à #uppa_animais em 2015, através do Canil Municipal de Sintra.

na altura trazia uma companheira, a Matilde. foram companheiros de box durante algum tempo até que a Matilde foi adoptada.

o seu olhar é fora do comum, concordam? o Ice é um cão com muita energia e aconselho a sua adopção por parte de alguém que também tenha bastante energia e que queira um CÃOpanheiro para passear e dar umas corridas. o Ice é um cão de porte grande, tal como se pode ver na fotografia que se segue. 

Ice regua.png

se procura um cão com um olhar invulgar e muita energia para dar, o Ice é uma companhia a considerar.  

 

fotografias de arquivo da UPPA - União Para a Protecção dos Animais / pesquisem no twitter / instagram por #uppa_animais

para adoptar: uppa.adoptantes@gmail.com / para apadrinhar: uppa.apadrinhamento@gmail.com 

ontem assinalou-se o dia internacional do animal abandonado

uppa_murphy_belinha-1024x673.jpg

 

a Fátima Lopes (a da televisão, sim) convidou duas associações para partilhar o quotidiano de  associações dedicadas à causa animal: a Animais de Rua e a UPPA

 

eis um pouco do meu testemunho que podem ler na íntegra no artigo onde Fátima Lopes partilha a sua experiência de adopção do Brownie: 

Uma das maiores recompensas do voluntariado na UPPA é o agradecimento que os animais manifestam. Durante a sua estadia na UPPA e também no “depois da UPPA”, quando já estão com a família que os adoptou. Esse agradecimento acontece quando, inesperadamente, encontras a Groselha numa rua de Lisboa, com a adoptante, chamas pelo seu nome, ela levanta as orelhas e te recebe com muitos beijinhos e abraços caninos. Ou quando vais visitar o Gaby à sua casa e ele te recebe com o mesmo entusiasmo de sempre. Estes momentos são valiosos e mostram-nos como a sua estadia na UPPA foi feliz e lhes traz boas recordações. 

 

o que fazer se encontrar um animal abandonado?

 

esta é uma pergunta que me fazem algumas vezes e por isso escrevi este artigo com algumas sugestões e que podem ler no site do Intermarché: encontrei um animal perdido - e agora? 

 

 

da importância dos pequenos gestos

bOjJyXQK.jpg

o Tiago convidou a #uppa_animais para participar no webinar Línguas de Gato, uma iniciativa da Petify. e agora perguntam vocês...

...o que é a Petify?

 

O Petify tem como objetivo ajudar todos os animais a encontrar um lar através de uma plataforma interativa.

Através da nossa plataforma queremos:

  • Ajudar as pessoas a encontrarem o seu animal perdido
  • Ajudar as associações a encontrar um lar para os seus animais
  • Ajudar as pessoas a divulgarem animais abandonados
  • Estimular a adopção de animais

Podemos dizer que a nossa plataforma funciona como perdidos e achados de animais, oferecendo soluções de contacto direto entre os visitantes e os anunciantes.

Ajude o animal que se encontra abandonado na sua rua a encontrar um lar cheio de amor, um amigo ou familiar a encontrar o seu animal perdido, ou encontre um novo amigo de quatro patas.

 

tive oportunidade de conversar sobre o trabalho que desenvolvo na #uppa_animais, como voluntária, descrevendo um pouco o quotidiano do albergue. como devem imaginar, falei da Mel, do meu afilhado Fred e de poop collecting.

falei um pouco sobre as variadas formas de voluntariado que podemos colocar em prática: todas são válidas e o importante é encontrarmos aquela que se adequa à nossa vida, à nossa disponibilidade, às nossas competências. por exemplo, a Patrícia criou um projecto de desgin e venda de tshirts; a Carla dá aulas de yoga

 

espero que gostem: visitem o canal YouTube da Petify e deixem os vossos comentários.

 

yoga pela #uppa_animais

a professora Carla Ferraz tem vindo a organizar práticas de yoga com fins solidários, sendo a UPPA - União Para a Protecção dos Animais a instituição escolhida. a primeira aula deste ano acontece já no dia 30 de junho, domingo, pelas 11h. o local escolhido é o jardim do Parque Morais, na Parede (linha de Cascais).

 

a Carla recomenda, no evento facebook criado para divulgar a aula:

Levem roupa confortável, colchão de prática ou toalha de praia e boa disposição!
Abraçámos a causa nobre da UPPA Animais, albergue que abriga cães abandonados ou negligenciados, e o valor ou géneros que são o "bilhete" de participação na aula revertem integralmente para os patudos que precisam de uma família de acolhimento e estão à espera de adopção no albergue.
Opções: €; ração ou demais alimentos para cães, desparasitantes externos, trelas, mantinhas, brinquedos.

60358610_2256735114405143_2875271916506054656_n.jp

 

 

olá, sábado!

D0own9gXgAAa_z6.jpg

 

depois de um mês inteiro a trabalhar aos sábados voltei à rotina do voluntariado. não foi fácil acordar cedo ao sábado, pois a semana anterior foi muito intensa exigente: muitas horas de formação, assuntos pendentes para resolver (e uma TPM desgraçada).

 

já tinha saudades do albergue: da Mel e dos outros amigos. no tempo em que estive fora aconteceram adopções e também houve lugar à perda de alguns amigos, já séniores, por motivos de saúde. é difícil regressar ao albergue e não ver por lá o Benjamim, a Nina, o Toy pois o motivo não foi a adopção. a solução é arregaçar as mangas e continuar a apanhar o cocó, a limpar, a lavar, a brincar e a namorar com o Fuga que é só o cão mais doce da vida:

 

 

o Fuga é um cavalheiro e dá-se muito bem com pessoas. é impecável nos passeios (confesso que tenho saudades de o passear) e partilha a sua box com duas amigas que ainda são um pouco medrosas. 

 

já vos falei do Fuga na #terceiraoportunidade e hei-de continuar a falar. este miúdo giro merece mesmo uma família que o possa adoptar e permitir-lhe uma vida confortável, longe do stress que é um albergue ou um canil - espaços que deveriam ser sempre de transição. 

 

D0pVxCzXgAAwktO.jpg

ah. e ontem encontrei o verdadeiro poop emoji. lindo, não é? 

 

 

 

 

 

sobre a #terceiraoportunidade

desde há uns meses para cá tenho divulgado as histórias por detrás da vida de alguns cães que conheço na UPPA - União Para a Protecção dos Animais, e que estão no albergue "há tempo demais". 

 

através das publicações que fiz com a tag #terceiraoportunidade apresentei-vos o Ben, a Júlia, a Boba, a Quinoa, a Happy, a Esperança, o Filipe, a Yara, o Fuga, o Fred e a Tapinhas. como eles há muitos cães adultos que aguardam num canil ou num albergue pela oportunidade de ter uma casa, uma família. 

 

a adopção de um cão adulto conhece muitos pontos a favor, um deles é a gratidão do animal para connosco.

 

hoje não vos trago uma história nova nem um apelo específico. hoje o apelo é: se estão a pensar adoptar um cão visitem um canil ou um albergue para conhecer os animais que por lá andam. não tenham o preconceito da idade e deixem que o "click" entre vocês e o cão aconteça.

 

Fred_uppa.jpg

 

e se não podem adoptar, podem sempre apadrinhar um destes animais ou até fazer voluntariado no canil ou albergue mais perto de vós. há muitas formas de ajudar: também podem comprar um caderno/bloco de linhas #uppa_animais - custa 4 patinhas e pode ser enviado via ctt (acresce portes). info: uppa.encomendas@gmail.com

50050970_10216471122142890_4088907731644186624_n.j

 

o glorioso Ben aguarda pela #terceiraoportunidade

ben

 

senhoras e senhores, eis o Ben. o Ben é um peluche muito fofo, mas em forma de cão. adora passeios e tem um comportamento calmo quando vai esticar as patas. como é charmoso q.b. vive na sua box na companhia de duas miúdas giras e caninas. 

 

 

como é o Ben? 

 

o Ben é o verdadeiro cãopanheiro: gosta de abraços e de uma boa brincadeira. está na UPPA - União Para a Protecção dos Animais, desde 2014 e ainda não apareceu a família que o possa fazer feliz. será que está aí, desse lado? 

para saber mais sobre a história do Ben, podem visitar o site da UPPA. dele só posso dizer maravilhas e que, quando entro na box, só apetece mesmo amarfanhá-lo muito. 

 

tumblr_pjfbs1pVjk1qhzqx6o1_500.jpg

para saber mais sobre o Ben, para apadrinhar ou adoptar, entrem em contacto com a UPPA. caso a vossa visita calhe num dos meus "turnos" de tratadora-voluntária, terei muito gosto em conhecer-vos e em levar-vos a passear com o glorioso Ben(fica).

 

fotografias de arquivo da UPPA - União Para a Protecção dos Animais

pesquisem no twitter / instagram por #uppa_animais

 

+ informações sobre o Ben no site da associação

 

para adoptar: uppa.adoptantes@gmail.com

para apadrinhar: uppa.apadrinhamento@gmail.com

 

 

 

a #terceiraoportunidade está de volta em 2019

no ano passado iniciei aqui uma rubrica, às terças, a terceira oportunidade: 

terceira oportunidade resulta da necessidade de partilha de animais que, após abandono ou resgate, ganharam uma segunda oportunidade num canil ou num albergue. esperam agora pela TERCEIRA oportunidade, ou seja, do encontro com a família que possa adoptar, de forma feliz e responsável.

há muitos animais para adopção.

há muitos canis e albergues que diariamente trabalham no sentido de recuperar esses animais. falo sobretudo de cães, tal não é a minha proximidade com esta realidade, enquanto voluntária na UPPA União Para a Protecção dos Animais. 

 

tive oportunidade de vos apresentar o Fred, a Tapinhas, o Fuga, a Yara, a Happy, a Quinoa, o Filipe, a Boba, a Esperança e a Júlia.

a divulgação continua e em breve apresentar-vos-ei alguns amigos de quatro patas que se encontram na UPPA - União Para a Protecção dos Animais desde 2014. 

espero que estes patudos encontrem a sua família-metade em breve!

 

kuka

 

 

quatro anos

 

em janeiro de 2014 o Félix adoptou-nos. uns meses depois, em novembro, o Kioko passou a fazer parte da nossa família. chegou-nos algo raquítico, com as orelhas murchas. aprendeu a ser um rafeiro, na companhia do Félix. cresceu e pesa agora 17kgs. 

 

2014 foi o ano em que a família cresceu pois estes dois "passarinhos" decidiram adoptar-nos.

ambos têm feito alguns disparates: o Félix roeu uma casota, nos primeiros meses. coisas que acontecem, não é? 

 

nesta época festiva se sentires um impulso muito grande para adoptar because natal: não o faças. deixa que o impulso passe. adoptar é um acto de responsabilidade e não deverá ser, a meu ver, uma decisão leviana. sim, os cães que estão nos albergues querem muito passar o natal numa casa: mas não é só este, é este e os próximos. 

também por este motivo, a rubrica #terceiraoportunidade vai regressar em janeiro, partilhando estórias de cães que aguardam pela sua família-metade, há mais de 3 anos, num canil ou num albergue. 

 

adoptar um cão adulto tem muitas vantagens. vive o natal com a tua família, celebra o ano novo e depois em janeiro falamos melhor sobre isso. combinado? 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D