Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

yoga pela #uppa_animais

a professora Carla Ferraz tem vindo a organizar práticas de yoga com fins solidários, sendo a UPPA - União Para a Protecção dos Animais a instituição escolhida. a primeira aula deste ano acontece já no dia 30 de junho, domingo, pelas 11h. o local escolhido é o jardim do Parque Morais, na Parede (linha de Cascais).

 

a Carla recomenda, no evento facebook criado para divulgar a aula:

Levem roupa confortável, colchão de prática ou toalha de praia e boa disposição!
Abraçámos a causa nobre da UPPA Animais, albergue que abriga cães abandonados ou negligenciados, e o valor ou géneros que são o "bilhete" de participação na aula revertem integralmente para os patudos que precisam de uma família de acolhimento e estão à espera de adopção no albergue.
Opções: €; ração ou demais alimentos para cães, desparasitantes externos, trelas, mantinhas, brinquedos.

60358610_2256735114405143_2875271916506054656_n.jp

 

 

o #SÓqNÃOrtp traz uma mensagem que é para todos

tumblr_psy445srF11qhzqx6o1_500.jpg

 

falar abertamente de preconceito

 

tal como já partilhei convosco, aqui neste cantinho, aceitei o desafio da Joana Martins para falar dos preconceitos para com os gordos. sempre fui gorda e ando há anos a lutar para ter um peso e uma relação saudável com o meu corpo. e nesse sempre fui gorda cabem os insultos e os comentários negativos dos outros, sobretudo na infância e na adolescência. depois aprendi a viver com o meu corpo e a ignorar os outros. a ver se a gente se entende: eu sei que sou gorda, não preciso que os outros me apontem isso. e depois eu sou muito mais do que o meu peso ou volume. 

 

 

D8zQP2uWkAAc53K.jpg

 

falar abertamente de preconceito na televisão, a nossa tarde

 

há dias o programa a nossa tarde entrou em contacto comigo para saber se eu tinha disponibilidade para ir falar do meu caso e para assim permitir a divulgação do programa #SÓqNÃOrtp. eu disse que sim, não pelo gozo de aparecer na televisão (a minha comadre ralhou comigo pois nem sequer fui dar uma demão à franja ou arranjar as unhas), mas sim por acreditar que projectos como o da Joana Martins são um contributo positivo para falarmos abertamente de (por exemplo) poliamor, 'ssoas trans, cegueira, espiritualidade, entre outros, e dão chão à #internetdobem. 

 

por isso, sejas tu um espectador d'a nossa tarde, um utilizador ávido do twitter, um fã do reddit, um magro que não consegue engordar, um imigrante, uma nutricionista com excesso de peso, uma 'ssoa deprimida, um obcecado pela leitura, um viciado em desporto... seja qual for o teu rótulo, o teu nicho, a tua minoria, a tua tribo: passa na rtp play ou no youtube e procura os amarelos. depois leva isso para a tua escola, para o teu grupo de amigos e dá o pontapé de saída para o diálogo. 

 

(fotografias de joana martins e do IG d'a nossa tarde)

o significado do aniversário

D8FCHj-U8AAFZE-.jpg

cá em casa nunca houve o hábito de fazer festas de aniversário. eram coisas dispendiosas e manteve-se a tradição de apagar as velas e comer uma fatia de bolo, em família. há muitas fotografias desses tempos: eu a soprar as velas, ao lado do mano - e ele a soprar as velas do bolo dele, comigo a seu lado. o mano faz anos a 30 de maio e eu a 2 de junho. três anos de diferença e tantas diferenças. e uma sintonia estranha.

 

e eis que fiz 40 anos. é mesmo só um número, pois não sinto assim nada de diferente. para celebrar fui fazer 4 tatuagens, uma por cada década de vida (mentira, fui fazer 4 rabiscos pois fica-me mais em conta e o rapaz dá uso à agulha como deve ser). marquei a sessão com alguma antecedência pois precisava perceber se o que tinha no mealheiro chegava para o que queria fazer. não comentei com ninguém, mas percebendo que o mano estava de férias, mandei sms: "queres vir comigo? vou fazer umas tattoos?" ao que o mano respondeu que estava ocupado e não ia dar. 

 

mais tarde ele mandou uma foto com a razão da sua "ocupação": pois é, também ele tinha ido tatuar-se, sem dizer nada a ninguém. "somos mesmo irmãos". e somos. com tudo o que temos de diferente, há coisas que são muito nossas. 

 

os manos Sousa são assim: comemoram o aniversário em silêncio, com tatuagens ou com o que lhes apetecer. deixámos de soprar velas há uns anos, mas isso não significa que não haja outros momentos doces, em família. 

 

bebinca_bulabula.jpg

 

 

 

#SÓqNÃO

D76Pj-DXoAMZc9C.jpg

vi a ideia a nascer, no twitter ou num post do blog da joana martins - confesso que já não me lembro exactamente onde. sei que decidi preencher o formulário para poder contar a minha história, a história da Joana, a Gorda. a Joana que vai ser sempre Gorda (nem que seja só na minha cabeça). 

 

temas maiores e temas menores? #SÓqNÃO

quando gravei o programa e percebi os temas que iriam ser abordados pensei: humm talvez a minha história não seja assim tão relevante. ora, isto é preconceituoso da minha parte, não é?

os preconceitos estão na nossa cabeça, muitas vezes de forma inconsciente e quando tomamos conta deles conseguimos ver para lá do rótulo - o programa da joana martins promove esse caminho, esse passo em frente: ver para lá do rótulo. 

 

o programa está disponível no YouTube e na RTP Play. carreguem no PLAY e conheçam estas histórias. são só pessoas. somos todos, né? 

 

Screenshot 2019-01-25 21.48.50.png

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D