Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

dezembro, o mês de balanços e de listas. o mês que não conta para a estatística (II)

2018 está à porta e já esgotámos todos os temas possíveis e imaginários para "o melhor de 2017". dezembro é aquele mês invisível, que não conta para nada. 

com a mesma naturalidade de quem faz isto ou aquilo "porque sempre se fez assim" balançamos os onze meses de 2017. 

prefiro balançar o dezembro. os seus vinte e seis dias. não sei como vão ser os restantes (tirando as coisas que tenho na agenda e que me ajudam a pensar no onde, quando e com quem).

 

dezembro chegou de repente, como sempre acontece com o último mês do ano. e trouxe frio, como seria de esperar because inverno. trouxe um eminem que continua zangado com a vida. a descoberta de que posso ser uma cat person. os dias que passaram depressa demais. a lista de coisas para fazer que nunca mais acaba. o olhar para janeiro. a contagem decrescente para voltar a estar contigo. bons momentos com as amigas. com a Bárbara.  

CjKbR8uWYAAXi1g.jpg-large.jpeg

 

dezembro trouxe péssimos briefings. frustração de não conseguir estar onde quero. trouxe a certeza de que há projectos novos. não trouxe aqueles pagamentos de outubro e novembro (mas, hey, ainda faltam uns dias para o mês acabar).

trouxe sorrisos, daqueles que dão cor às fotografias a preto e branco.

 

25550420_10213570999521637_1810594768846193486_n.j

(foto: zélia évora) 

 

 

apelo: idosa desaparecida

25353612_1969968743015114_4482552208854455445_n.jp

 

anda a circular, há alguns dias, um apelo no facebook da neta da senhora que se encontra na fotografia:

"É a minha avó chama-se Olívia Galapito e está desaparecida. Tinha um casaco castanho vestido."

 

a Helena está desesperada. a avó foi vista pela última vez no dia 17 de dezembro, domingo, pelas 17h, na zona de Vale Nogueira (perto de Caneças). a senhora tem alzheimer. 

 

para mias informações: facebook

 

 

um programa de rádio, para miúdos, com miúdos - e filosofia!

Screenshot 2017-12-22 10.02.12.png

 

na gaveta do "meu" melhor de 2017 fica o programa filosofia é coisa para miúdos, que comecei a gravar há uns meses, na Rádio Miúdos. tem sido uma aventura interessante, esta de tentar dialogar filosoficamente, durante cerca de 15 minutos, com um grupo de miúdos muito interessado e com ideias para partilhar. nem sempre aprofundamos muito os temas, pois as conversas são como as cerejas. mas vamos construindo um sentido de grupo e de diálogo colaborativo. o gosto pelas perguntas já lá estava, eu estou ali só a garantir que caminhamos pela filosofia. 

 

a rádio miúdos tem uma programação muito fixe e que podem ouvir AQUI.

voar mais longe

25507887_944241265728498_3541166598691794306_n.jpg

 

a malta do taekwondo smdc, aqui mesmo em caneças (odivelas), tem feito um trabalho "que sim senhor". são muitos os atletas que fazem parte das três turmas orientadas pelo Alexandre e pela Sara. querem voar mais longe e participar em competições, nacionais e não só. 

para tal, precisam de apoios monetários, para as viagens e também para a aquisição de material que lhes permita simular o ambiente de combate, nos seus treinos. precisam de um conjunto de coletes electrónicos, que custa à volta de 2000 euros. 

se andar por aí um mecenas que queira investir nesta modalidade e nestes jovens, pf aproximem-se.

 

conheçam melhor o trabalho destas pessoas na página de facebook.  

dar a mão

tumblr_p12h0uTlYk1qhzqx6o1_500.jpg

 

ser "mardinha" implica aguentar estoicamente um sarau da sociedade recreativa onde a tua afilhada faz ginástica. e levar com as actuações das guitarras, da banda, dos senhores que cantam, do teatro e por aí fora. 

Pág. 1/2