Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

da necessidade de perspectivas diferentes sobre a mesmidade ⏬

 

escrevi uma tese sobre filosofia aplicada e recursos humanos em que apontava "necessidade de perspectivas diferentes sobre a mesmidade " como uma necessidade filosófica, das 'ssoas (e por conseguinte das 'ssoas nas E/O)

cada vez mais me convenço que é uma coisa tão óbvia que facilmente nos passa ao lado. a saber:

- quantas linhas pedagógicas conhecem?
- se perguntarem a alguém qual é o melhor tipo de treino para um cão, quantas respostas diferentes vão obter?
- quantos tipos de pão existem?
- quantas teorias acerca de nutrição conhecem?
- quantos estilos de kizomba existem ou foram inventados nos últimos 30 minutos?
- quantas opções de cremes existem para peles oleosas?

depois não me venham dizer que na filosofia é que é não sei quê e que há sempre muitas teorias e respostas diferentes para uma mesma pergunta. 

"não vem que não tem"

 

 

"joana fez um pagamento à SS num atm e vocês nem imaginam o que aconteceu a seguir"

 

depois desta primeira tentativa de resolução do caso do pagamento duplicado à SS contactei o AB via facebook - e a SIBS, através do site. 

 

resposta do Activo Bank:

"Olá, Joana. Normalmente esta duplicação de movimentos pode ser reposta em 48 horas úteis, caso já tenha ocorrido este período, deve neste caso, reclamar a devolução junto da entidade. O Activobank não tem de facto intervenção nesta situação, uma vez que efetuou o pagamento numa ATM. Obrigado. Tenha uma boa tarde."

 

- perguntei aos senhores se caso o pagamento tivesse ocorrido num balcão ou no homebanking - se isso teria influência na intervenção do AB. aguardo resposta. 

 

resposta da SIBS:

"Informamos que o Serviço de Pagamento de Serviços não contempla a operação de devolução, pelo que deve optar por outra alternativa. Assim deverá de facto contactar a entidade de pagamento de serviços em causa."

 

- nota: eu não fiz a operação duas vezes. fiz apenas uma. o atm "vomitou" o comprovativo e quando voltei a meter o cartão para nova operação (fiz uma consulta de saldo no écran) a resposta foi "operação não autorizada pelo seu banco". repito: eu não fiz o pagamento duas vezes e pergunto-me: caso a conta tivesse ficado a negativo, por este erro - e isso provocasse juros... como seria? 

 

tenho atendimento marcado na SS para meados de maio - já vos tinha dito? 

 

 

the perks of being a freelancer

 

ah, os pagamentos à segurança social - SS , sempre de 1 a 20 do mês seguinte.

e lá fui eu, ao atm, fazer o pagamento.

dados inseridos, confirmar. tudo ok. guardar o comprovativo. inseri de novo o cartão para ver o saldo e o boneco do atm disse que não era possível. "operação não autorizada pelo seu banco".

tudo bem.

vai daí, à noite fui verificar o saldo - precisava perceber se já tinha entrado o pagamento de um RV. o sistema não estava disponível.

na manhã do dia seguinte lá fui eu consultar a conta. e verifico que a SS foi paga duas vezes. ok, pagamento duplicado. vou entrar em contacto com o banco e reclamar.

no dia seguinte o telefonema do Activo Bank- AB  anunciou que neste caso, sendo um pagamento da SS, não haveria lugar a devolução por parte do banco. teria que pedir à SS para me restituir o valor duplicado.

 

perguntei porquê. repetiram: neste caso não é possível ser o banco a devolver o dinheiro.

ok, disse eu. assim que passar por um balcão vosso irei pedir o livro para reclamar desta situação, pedindo esclarecimentos.

disseram-me que se o fizesse iria receber a mesma resposta. tudo ok, disse eu.

 

entretanto, fiz um tweet. recebi esta resposta: 

 

Screenshot 2016-04-13 12.17.35.png

 

Screenshot 2016-04-13 14.02.42.png

parece que afinal há "esperança" de ser resolvido nas 48h seguintes. ou não? fiquei um pouco confusa. entretanto, enviei MP para a página do banco, no facebook, para perceber se pode ou não ainda ser resolvido em 48h - ou seja, até amanhã de manhã.

 

liguei para a SS e consegui marcação para atendimento para meados de maio. MAIO!  

até lá, terei que pagar a segurança social normalmente e fico com o pagamento de um mês "pendurado" algures.

 

no próximo mês tenho que escolher melhor o atm, está visto!

 

 

a maior mentira do mundo: "está tudo bem"

 

 

"então, joana, tudo bem?" - perguntou o vizinho quando me viu chegar.

pensei em responder: nem por isso. tenho a tiróide lenta, bateram-me no carro e o félix teve que ir fazer uma visita inesperada ao veterinário. já paguei a segurança social do mês passado, mas ainda estou à espera de um pagamento de um RV de dezembro de 2015. 

pensei. mas disse só: tudo bem, obrigada! está frio, hein? até amanhã!

 

é a maior mentira do mundo. quem pergunta não quer realmente saber e quem responde raramente diz a verdade.

 

e a (minha) verdade é que isto de sobreviver é mesmo assim: uns dias bons, outros menos bons. faço o melhor que posso - até porque não consigo fazer melhor. humana, demasiado humana. 

das várias formas de ser voluntário

12963921_10208357273621748_7094352943810315440_n.j

 

há quem faça campanhas nos supermercados

há quem dê o seu tempo em universidades séniores

há voluntários com grande coração nos serviços hospitalares

há quem participe nas campanhas de apoio às pessoas-sem-abrigo

há quem ofereça o seu trabalho especializado numa associação 

há quem divulgue apelos nas suas redes sociais

há quem passeie cães num canil ou albergue 

há quem produza conteúdos web em troca de lixivia, lava tudo e ração

 

há muitas formas de ser voluntário: só tens que encontrar a tua, se isso tiver sentido para ti.

 

 

 

inspira(cional), expira(cional)

todos nós queremos ser aceites pela sociedade: afinal somos um ser que é com os  outros. há uns quantos filósofos que falam disto - confesso que agora não me lembro assim de nenhum em particular.

as redes sociais acabam por ser um veículo ou montra onde podemos observar isso, de forma muito clara. e é vê-los por aí, a partilhar aquelas frases lindas, que falam de mudança e de atitudes positivas no trabalho e para com os outros. e quando trabalhamos com essas pessoas percebemos que 1) a mudança é algo do qual fogem a sete pés e 2) as atitudes de forte hieraquização prevalecem sobre aqueles blá blá positivos.

é tudo muito bonito, mas é para facebook ver, pois na verdade "podemos mudar desde que não se altere muito" e "eu não mando em nada, mas antes de fazerem alguma coisa, falem comigo".

coerente, não é?

 

 

 

das boas notícias

 

um amigo que há meia dúzia de meses, talvez mais, lutava para não se afundar no desemprego e na depressão, com dívidas à segurança social disse-me isto ontem:

 

"tenho que recusar trabalho, estou mesmo nisto em regime de exclusividade. falamos depois, ok? tenho coisas para tratar aqui no emprego."

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D