Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

siga

IMG_2112.JPG

há um princípio básico da vida de freelancer. ok, talvez dois: tens que levantar o rabo da cadeira e procurar trabalho e tens que garantir que as condições de trabalho (tarefas, valor/hora, prazos de pagamento) são efectivamente cumpridas. ninguém vai fazer isso por ti.

 

claro, as pessoas podem gostar do teu trabalho e recomendar-te - isso é muito bom. mas não podes ficar à espera que isso resulte. tens que estar atento às oportunidades, criá-las, adaptá-las, tirar partido delas.

IMG_2089.JPG

 

chegou Junho e com ele os 36 anos, uma viagem a Beja, a realização de mais um café central para a revista gerador, a possibilidade de jogar ao galo com a criançada e ainda uma conversa salazarenta por todos os lados. uma espécie de censura ou lápis azul relativamente à forma como partilho e divulgo o meu trabalho. ah! e uma bronquite, coisa que não conhecia vai para 16 anos. juro. 

siga para bingo.

gosto muito de virar as páginas daquele calendário, sabem? e o caminho faz-se caminhando. siga. 

 

o telefone tocou

olá, professora!

olá, aluna?

aluno, professora, aluno. sou eu, o [imaginar o nome mais fofi EVER]

olá! como é que tu estás?

quero dar-te os parabéns, professora.

ohhh obrigada!

eu vi hoje toda a gente a cantar-te os parabéns quando chegaste

mas eu nem te vi hoje, meu amor! 

pois foi, mas eu vi-te e agora liguei-te para te dar os parabéns

obrigada, meu amor. 

tem um resto de dia feliz, professora!

obrigada, um beijinho e até amanhã

xau, professora!

 

hey, pukanino, fizeste uma miúda de 36 anos muito feliz

portalegregate

 

o dia mundial da criança é, em última instância, uma grande mentira para que fiquemos todos bem com a nossa consciência para com as criancinhas. é dar a moedinha ao indigente para poder dormir bem à noite.

 

li algumas coisas sobre o "caso do dia mundial da criança em portalegre". ouvi no buzz da antena 3. li este post.  

 

...e apraz-me dizer o seguinte:

- os indignados das redes sociais esfregaram as mãos de contentamento e toca de insultar os senhores e as comemorações, assim, tau

- sei por experiência que as crianças já se agridem muito nas escolas: às vezes há pequenos motins nos recreios. eles sabem que não é correcto, mas persistem. não precisam de experimentar estas coisas para poder sentir o que é estar do lado dos bons e dos maus (a leitura é muito esta, certo? os polícias são bonzinhos, os arruaceiros, os mauzinhos)

- podemos falar de terrorismo às crianças, sem que elas tenham propriamente que simular que são homens-bomba. podemos falar sobre morte, sem que tenhamos que matar formigas à sua frente para que elas experimentem isto - não considero que haja assuntos tabu perante as crianças, tudo tem a ver com a abordagem que é dada - e a liberdade para que as crianças possam tecer o seu próprio pensamento sobre aquilo que as rodeia

- a maioria das crianças que conheço precisa de colo, de abraços, de fruta fresca, de sol, de ir ao cinema, de livros, de jogos de cartas... já têm muitos bolos e rebuçados, bem como jogos de playstation para substituir o afecto de quem não pode estar presente. o dia mundial da criança - a ser uma coisa me'mo fixe - deveria ser um momento de afecto.

 

não vamos linchar os senhores polícias de portalegre, nem os pais ou os professores que apoiaram a iniciativa. não vamos, também, achar que os meninos aprenderam muito. também não podemos presumir que os meninos que fizeram de arruaceiros serão meliantes no futuro e vice-versa.

 

salvem os caracóis, mazé 

 

 

 

 

 

 

feira do livro

IMG_2084.JPG

 

andava com estes livros "debaixo de olho" há algum tempo. ainda não tinha surgido a oportunidade de comprar.

aproveitei a minha visita à feira do livro, para participar numa conversa sobre felicidade a convite da Rossana Appolloni, para investigar os preços dos livros.

isto da feira e de ser mais barato... tem muito que se lhe diga. a verdade é que nem sempre compensa: já há muitas livrarias - físicas e online - que praticam o desconto de 10% com frequência. fiz o TPC, investiguei os preços, anotei num papel e verifiquei os preços na feira. consegui outros livros, para trabalhar com as crianças, com desconto de 20%, e estes estavam com os habituais 10%. acabei por comprar e "fechar" as compras de livros por este ano lectivo.

 

e ainda... roubei beijinhos bons ao Kalaf Angelo - um senhor que muito admiro - e ao José Luís Peixoto, a quem finalmente mostrei - ao vivo - a moldura que tatuei e cuja ideia conheci no antebraço dele.

 

o saldo foi positivo: beijinhos e abraços, boa conversa e livros com preço catita.

 

sobre o espaço da feira: sim, há muitas carrinhas de comida, muitas experiências, marcas, brindes, coisas e fan ran fan fans. não me incomoda, mas gostava que estivesse tudo assim "mais à larga" e menos concentrado. uma 'ssoa vai ali a ver "as montras" e tropeça num lobo mau, sem mais nem menos.

 

 

Pág. 4/4

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D