Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

A FNAC e o dia aderente. E os pontos


Sou acérrima defensora da FNAC: gosto do conceito de entrar na loja, poder pegar num livro, ler, sentar-me no chão, num banco, sem que ninguém me pergunte nada. Gosto de pedir ajuda, quando não encontro os livros. De resto, PLEASE DO NOT DISTURB. E a FNAC proporciona-me isso.


Desde os meus tempos de faculdade (sim, ainda estudo, mas estou a falar da faculdade «à séria» e não… bom, um dia falo sobre isto!) que tenho cartão Aderente. Tipo velcro, pumba, lá estou eu colada à loja que começa por F, termina em C e tem NA no meio. Tuga que é tuga adora descontos, ama saldos e delira com promoções. E cartões com pontos? Ui! É disso aos montes na carteira.

No início a história dos pontos era bastante vantajosa: cada compra diária resultava na acumulação de 3 pontos e no final de 65 tínhamos direito a um vale de desconto de 10 euros. Catita! Para quem compra livros de forma compulsiva era o ideal.

Há um ano (menos? mais?) o sistema de acumulação de pontos foi alterado para qualquer coisa que não sou capaz de reproduzir aqui. Não compreendo a dinâmica da coisa, mas mantenho-me fiel ao cartão. E à loja.

Recebi a informação dos dias cartão aderente e pensei: boa, vou aproveitar para comprar música. Deolinda. Orelha Negra. E lá fui eu a caminho da FNAC, à espera dos 10% de desconto. Ou melhor dos 20% - se normalmente já tenho 10% de desconto diariamente, pensei (confesso que posso ter raciocinado mal) que a coisa duplicava nestes dias. Aliás, tenho quase a certeza que as minhas compras de Natal foram feitas nessa base.

Mas não. Tive desconto de 10% («normal») e mais 5% do valor da compra creditado nos cartão. Nos talões não encontro referência ao meu «saldo» de pontos, não sei quando poderei usufruir de alguma coisa. É confuso, diria a Floribela.

E eu que sou cartesiana e gosto tanto de ideias claras e distintas, vejo-me obrigada a perder um bocadinho de tempo, num dos próximos dias, a visitar a FNAC e a esclarecer como é que as coisas efectivamente se processam. Sim, terei recebido uma carta em tempos com essa informação, mas… não me lembro!

é TODO um orgulho! é, que é


era uma vez uma ideia. era uma vez quatro amigos. surgiu um blog. fotografias, textos. 3 olhares, 1 caneta (e um moleskine). 4 formas de sentir. e aconteceu o reconhecimento: primeiro nos super blog awards, depois com a publicação do texto «às vezes o amor dá chorar», na revista DP Arte Fotográfica.

obrigada aos meus miguxos do c'ressão por tornarem o Olhar a Palavra possível.
obrigada à Matilde que, sem querer, sem saber, deu o mote para um dos melhores textos que escrevi.
e do qual gosto muito.

eis o nada!

[num 'tórante]

empregada: e para beber?

lady Bug: nada!

e eis que a sInhora me traz isto:






e me tira da dúvida profunda que o curso de filosofia não me soube aliviar. afinal o nada é uma coca cola (com pouco gás, diga-se!) com gelo e limão.

obrigada, ó grande sInhora do 'tórante ágora (ali na Expo).
quando quiser saber tudo sobre o elixir da eterna juventude, saberei a quem perguntar.

(mais) coisas que me enchem de orgulho!

(e-mail de XM, mãe de mê filhe)


xm: onde foste hoje?

tô filhe: ao oceanário...
xm: ao oceanário? não foi não...
tf: ao éróporto...
xm: tambem não! lembras-te onde foste?
tf: a casa da Joana...
xm: e quem andava lá a correr pelo quintal?
tf: O PAI!!!!
xm: ... tava a falar nos cãezinhos...
tf: ahhh o pêto era o Friqui e o ... Não Se Lembro era grande...
... e tava lá o João Pedro...

parece-me que o manu lindu foi baptizado pelo Santiaguxo. foi, foi!

papoulas saltitantes no Estádio da Luz



finalmente quebrou-se o enguiço. dizem estes dois camaradas que desde que comprei o cativo que o Benfica entrou em modo decadente. mas a época que hoje terminou veio comprovar o contrário: eu sou uma papoula saltitante que faz muita falta! oh se faz

e foi giro ver a lócura no estádio, a multidão a comemorar o golo do Nacional... o David Luiz e os seus caracóis mai lindos, o Aimar (giro o miúdo), o Rui Costa (eh pah giro... de fato!). ah! e também foi gira aquela parte dos golos e de ganharmos o campeonato! foi sim!

e depois há as coisas que me enchem de orgulho...


...e que justificam o facto de ter comprado a Zoom deste mês e andar com a agenda do CAE de Portalegre dentro da mala (para além de não largar a  CA Revista)

na Zoom, temos a referência ao meu amigo e colaborador em projectos como Olhar a Palavra e Filosofia para Crianças (é o responsável pela imagem e design gráfico). o seu nome é João Paca e podem seguir o seu trabalho AQUI!

na agenda do CAE, encontramos a fotografia do caríssimo xôr director Ricardo Batista, que é do tamanho daquilo que vê e que já está a fazer bis nestas andanças!

o facto é que não preciso destes acontecimentos para reconhecer o talento destes meus miguxos do c'ressão! mas enche-me de orgulho ver os seus trabalhos reconhecidos!

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub