Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

indignação, teatro ou estratégia comercial?

ligou-me uma senhora da MEO para saber quanto é que eu estava a pagar mensalmente pelos serviços que tenho (adivinhem??) na MEO. quando lhe disse o valor, ela reagiu indignada:

"mas a senhora está a pagar muito!"

não contive a gargalhada e disse:

"oiça, quem devia estar indignada, dessa forma, era eu. e quem pode resolver a questão, é a senhora."

e depois? bla bla, um pacote e o renhonhó e mais isto e aquilo. e coisas das quais não preciso, mesmo que sejam absolutamente grátis. e não, há coisas que não valem a pena o tempo ao telefone, o contrato novo e fanranfanfans.

 

os senhores da MEO deviam ter uma nota na minha ficha de cliente: a pior coisa que me podem fazer é perguntas sobre o tarifário: quanto paga, o que tem, e por aí. são coisas que decido num momento da minha vida e sobre as quais não quero pensar mais. nem sequer memorizo. há-de haver um papel onde isso está escrito. não gosto de ter que pensar sobre isto, se me puderem facilitar a vida e deixar tudo como está ou pedir-me um valor mais baixo pelo pacote já existente: sou uma pessoa feliz. não me ofereçam produtos ou pacotes com coisas que não me fazem falta e das quais não vou tirar partido: mesmo que pague menos. não é um argumento válido para mim.