Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

uma qualquer pessoa [vamos ao teatro?]

22046116_1306495576127301_6884498875510200814_n.pn

 

"Somos as nossas histórias e as dos outros. Somos sempre nós mas também uma qualquer pessoa."

Estreia: 26 de Outubro 
26,27,28 de Outubro | 21h30
29 de Outubro | 17h00

Ficha Técnica
Texto e Encenação: Laura L. Tomaz
Interpretação: Rafael Diaz Costa
Ambiente Sonoro: Rui Geada

 

 

 

hit me, baby, one more time

22196481_10212997987076684_3566609313976527271_n.j

 

procurar trabalho é uma tarefa diária. os projectos chegam e desaparecem, sem compromissos, sem contratos. ser 100% recibo verde é lidar com essa certeza: nada dura para sempre. bolas, assim de repente, parece uma coisa chamada vida. mas adiante.

há uns meses escrevi este artigo sobre recrutamento enquanto ritual de namoro. e a saga continua: a meados de agosto participei num recrutamento, para uma posição de social media. fui recomendada - nem sequer foi uma candidatura enviada por mim. em 48h tive três entrevistas. tive que mostrar o que sabia de estratégia, de inglês, explicar o meu percurso profissional a-normal a três pessoas diferentes. "o mais tardar na segunda semana de setembro vamos dizer alguma coisa".

até hoje.

e hoje fui a uma outra entrevista. candidatei-me a um lugar, na área da educação, a 80km da minha casa. e, sim, estava disposta a mudar-me para lá se as condições assegurassem a minha vida. para além de não responderem à pergunta que fiz no seguimento da convocatória para uma entrevista, onde alertei que iria deslocar-me de longe e precisava perceber até que ponto o projecto era viável - para além disso, a entrevista demorou uns 10, 15 minutos. teria bastado uma chamada via skype, para dizer quais eram as motivações para a candidatura. quando me apresentaram o valor mensal para a prestação de serviços perguntei: e esse valor inclui iva? "ah pois, a joana é que tem que pagar as despesas da segurança social". não está a perceber, isso eu sei. a questão é que os meus recibos estão sujeitos a iva e eu preciso saber se a esse valor posso acrescentar o iva ou se é o valor final que querem pagar.

a senhora não sabia.

era a primeira vez que tal pergunta surgia - e ela já estava no final de um longo dia de entrevistas. agora que me lembro, a senhora nem se apresentou, nem disse o seu nome. e eu esqueci-me de perguntar.

e não sabe também qual será o horário de trabalho, as horas diárias, isto e aquilo. repito: 80km para lá, 80 km para cá. 

como devem imaginar tive que parar no continente para me atestar de gomas e chocolate negro. há coisas que não se aguentam de outra forma - e eu não posso passar os dias a beber gin.

aproveitei para comprar isto. diz que uma 'ssoa fica feliz. olha, mal não há-de fazer.

 

daqui a "uma semana, 15 dias" digo-vos o resultado da entrevista de hoje. "dizemos qualquer coisa, seja positivo ou negativo".

 

"han han"

 

 

 

 

 

 

  

 

 

Pág. 1/2