Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

arrumações

Untitled design-87.jpg

o macbookair queixou-se que ah e tal o disco de arranque estava cheio. e eu prontamente pedi a ajuda dos dois discos externos cá de casa (sim, DOIS) para facilitar a vida ao rapaz.

com isto descobri que tenho 17 mil e muitas fotografias aqui alojadas. não tive tempo para arrumar todas, em pastinhas bonitas: limitei-me a "salvá-las" para os discos externos. tropecei no olha doce do Fred e não resisti em partilhar convosco.

o Fred aguarda por uma família que o possa acolher, no albergue da UPPA. 

 

uppa.adoptantes@gmail.com 

oremos, irmãos

a oração da noite vai para quem acha que filosofia para crianças é "levar os alunos a pensar que [inserir opinião do professor]"

 

e já agora, oremos também pela senhora que me contactou a dizer que

"gostaria de ser sua formanda; embora a minha experiência profissional e humana como prof., mãe, babysitter, monitora atl, praticante de mindfulness, etc ajudem bastante à consolidação do meu projecto de filosofia para crianças e jovens" 

 

ora bem, esta senhora tem TUDO para ser uma facilitadora de filosofia para crianças. possivelmente SÓ lhe falta a formação filosófica ou a formação específica em filosofia para crianças. deve ser mesmo SÓ isso que falta.

e depois temos crianças a frequentar aulas/oficinas de filosofia em que se conversa muito, dizemos coisas, muitas coisas, estamos sempre a falar, tal como se estivessemos no café ou à volta da mesa com os amigos. mas ISSO não é exactamente filosofia para crianças. 

 

é como diz o meu colega da pós-graduação de filosofia para crianças (sim, imaginem - eu continuo a estudar e a fazer formação, ainda que esteja no terreno desde 2007/2008):

 

"não é pelo facto de eu saber ler ou escrever, fazer contas, que posso ser professor de 1º ciclo"

 

tumblr_ny15esH6tG1qhzqx6o1_500.jpg

 

a magia da filosofia na caixa de correio

tumblr_ny1880fHPK1qhzqx6o1_500.jpg

 

a filosofia anda por aí, pelas caixas de correio de miúdos e graúdos - sim, o desafio também vale para jovens  ou pessoas crescidas! 

 

as mães Sara e a Catarina partilharam nos seus blogs a experiência de receber uma carta com filosofia e de responder aos desafios que coloco 

 

e como vem aí o Natal - que é uma óptima desculpa para oferecer coisas aos amigos - sugerimos que ofereça cartas com filosofia. poderá adquirir um vale de oferta ou simplesmente surpreender o amigo com uma carta para pensar na caixa do correio

 

podem acompanhar a tag  #filopenpal, nas redes sociais (instagram, twitter e facebook) 

 

mais informações: joanarssousa@gmail.com 

 

 

#priceless

- joana, quando for grande quero ser desenhadora de casas. quero fazer as casas no papel e depois alguém faz mesmo a sério. como é que isso se chama?
[eu pensei em dizer: chama-se querer, ambição e vontade. e disse:]
- ó meu amor, queres ser arquitecta?
e ela:
- sim! isso mesmo! 

[cá entre nós: "desenhadora de casas" é muito mais fixe]

 

 

ainda sobre o bicho que me mordeu

e ao segundo dia, a "baba" deixada pela picadela cresceu. e começou a largar pus - eu sei, é uma imagem bonita.

mantive o gel de calêndula, para refrescar. mas não estava com muito bom ar, verdade seja dita. 

após uma tarde na uppa, com passeios, caminhada e uma patada da Pitanga mesmo em cheio na perna (AUCH) acabei por parar numa farmácia:

 

ladyB: boa tarde. desculpe lá o mau aspecto e o cheiro a cão, mas estive num albergue a fazer voluntariado. e tenho algo para lhe mostrar, posso? 

farmacêutico: ah, claro. por favor.

 

descrevi o que tinha acontecido, mostrando a perna e exibindo, desta forma, as tatuagens que nela habitam - e na colega do lado.

 

farmacêutico: então e o que tem estado a aplicar?

 

calêndula e alho, respondi. ele sorriu. recomendou-me 3 pomadas possíveis e escolhi uma delas, por me ser familiar e por já me ter ajudado na cicatrização de um dos pirceing.

 

farmacêutico: não tem dores? pode levar um anti-inflamatório para as partes moles...

 

PÁRA TUDO. partes moles o tanas. mau mau maria. 

 

ladyB: deixe estar. dores não é assim uma coisa que me assista muito... e cicatrizo bem, por norma.

 

seguiu-se uma espécie de piropo, que as pessoas da medicina devem perceber.

 

farmacêutico: fez realmente uma reacção grande à picada. bom, as reacções alérgias têm destas coisas, são exageradas, mas a sua...

ladyB: compreendo. é uma reacção um bocado histérica, certo? 

 

ele sorriu. recomendou que depois aplicasse bepanthene plus, "que certamente deve ter por casa", disse ele recordando as tatuagens na sua cabeça.

 

e por falar em tatuagens, foi uma sorte o tal de bicho não ter acertado em nenhuma. UFA! 

one night stand

CTIVQR_WEAEnZGn.jpg

 ou ve lá, joana, que bicho te mordeu?

não sei, não me lembro, não vi e não senti

só sei que ontem de manhã acordei assim e a coisa acabou por ficar com mau aspecto, depois de ter batido com a perna na mesa e terem começado a rebentar umas bolhinhas. inchou, ficou com uma área de vermelhão ainda maior e só o gel de calêndula acalmou a coisa. 

 

a minha vida é isto: ele apareceu de noite, fez o que tinha a fazer e na manhã seguinte? nem um telefonema, um bilhete "olha, que bela perna para morder" ou "olha que satisfeito que fiquei"

 

o facto é que eu não senti nada. de maneiras que não deixou saudades. humpf!

 

Pág. 1/2