Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

um até já que deixa um nó na garganta



não sou pessoa de adeus. sou pessoa de até já.

hoje fui ao Teatro Rápido para deixar um até já. fui "à corrida" para ver a última peça do dia.

"amar mata".

e por muito que amemos o TR temos que o deixar partir. era insustentável, ainda que maravilhoso.

há tantas coisas assim na vida: que nos dão tanto e muito - e levam o dobro.


até já TR. foi uma viagem maravilhosa, dois anos a crescer convosco, com "shots" de pura emoção.


10 coisas que aprendi no fim de semana

 

 

 

1. o Simeone é giro

2. o Ronaldo não tem tatuagens: diz que não gosta.

3. quando queres muito, vais. quando não queres, arranjas desculpas.

4. o Robbie Williams perdeu o meu número de telefone: só isso explica que tenha estado em Lisboa e não me tanha dito nada.

5. a abstenção deveria constituir-se como partido político - ganhava sempre.

6. as pulseiras de elásticos podem fazer-se com os dedos, molas, canetas ou com um tear.

7. o aparelho dos dentes do Bernardo (8 anos) parte-se sozinho.

8. todos os partidos políticos ganharam e festejaram os resultados das #europeias2014.

9. a vida é uma pista de dança, com direito a uma cadeira para descansares os pés, de vez em quando.

10. o Marinho Pinto vai para Bruxelas, onde irá encontrar casais de moules do mesmo sexo que co-adoptaram frites.

"ah, mas eu gosto de observar as coisas pelo lado positivo"

 

 

nos seminários de filosofia tratamos de problemas reais. sim, imaginem só, coisas que nos apoquentam e incomodam no dia a dia.

no passado fim de semana falamos de duas questões que me são muito caras:

 

- as pessoas que vivem no mundo cor de rosinha

- as pessoas que vivem aprisionadas às obrigações familiares

 

as primeiras gostam de ver tudo pelo lado positivo. sempre, a todo o tempo. preferem a mentira? a irresponsabilidade?  

 

as segundas são muito independentes e flexíveis. mas não podem fazer isto ou aquilo porque calha no dia do almoço de família. no dia do aniversário. mas quem as ouve falar considera-as muito indepentes e com enorme capacidade de adaptação.

se é importante para os teus filhos que sejam flexíveis e capazes de se adaptar à vida e à mudança, qual o motivo para o sujeitar às obrigações familiares?

 

esta conversa, esta provocação durante o seminário filosófico com o professor Oscar faz-me reconhecer a forma livre e flexível como a minha mãe me educou: sem grandes pressões protocolares, fomentando o respeito entre todos.

 

compreendo: a pressão social e cultural é enorme. mas não pode servir de desculpa - pelo menos, sempre, a todo o tempo.

momento "massagem ao ego"

 

 

e na minha caixa do correio, um e-mail de uma colega das filosofices para crianças:

 

«Tudo de bom para ti :) e que continues nessa maravilhosa aventura de fazeres acontecer a Filosofia para/com Crianças :) »

 

6 anos depois do começo "formal" desta aventura, é bom saber que o trabalho é (re)conhecido
MUITO OBRIGADA a quem acredita comigo, ao meu lado, à distância, em Lisboa, no Faial, na Lourinhã, em Rio de Mouro, em Braga, em Portalegre, em Maputo... no Funchal - e tantos outros sítios pelos quais passsei. SEIS anos a filosofar pelo mundo fora, qual Linda de Suza, com a mala de cartão atrás de mim
YEAH!

há quem saiba o motivo pelo qual os passarinhos cantam

Lá do céu com valentia,

Descem sempre de noite ou dia,

São soldados desconhecidos,

Boinas Verdes são destemidos.
Olhem bem, sintam respeito,

Eles têm asas ao peito,

Cabeça erguida, heróis do ar,

Boinas verdes vão a passar.  

Com orgulho em defender

A Nação p'ra não morrer.

Lutadores são, afinal,

Boinas Verdes de Portugal.
Lá do céu a gente pede

Para na terra morrer de pé

Dando a vida que Deus nos deu,

Boinas Verdes sobem ao céu

 

 

há coisas que fazem parte da outra metade de mim e que só a essa metade pertencem. nunca fui à tropa, não sei o que isso significa, o que por lá se vive, o que se sente e partilha. sei apenas que os amigos que por lá fizeste estão contigo pela eternidade fora - e isso é algo pelo qual me sinto muito grata. os teus amigos são meus amigos, também. sobretudo quando falamos de militares... *suspiros*

um dos teus camaradas escreveu-te, um dia, que tinha saudades de acordar ao teu lado. eu também tenho.

 

 

Jorge, Paula e Lili

havia um motivo para eu, um dia, ter pressionado "seguir" no instagram de Lili Caneças. aliás, dois motivos. mais do que dois - mas eu não fiz print screen de todas as selfies que a Lili tirou com o grande Mister.

 

JJ e Lili na Casa das Histórias da Paula Rego, a apreciar o quadro da Maria que chora

«não vejo nada», diz JJ
«isso é porque o Jorge está vivo, que é o contrário de estar morto», responde Lili

 

#bringBackMyCachecol



nos perdidos & achados do Metro do Campo Grande encontrei uma senhora muito simpática e que sorriu com a minha descrição do cachecol. e quando lhe disse "até tenho uma fotografia" - sorriu ainda mais.


"se entregarem aqui, hoje, eu ligo-lhe".


a senhora ainda não ligou.


tenho esperança que, um dia, alguém se passeie com o cachecol na rua. e que outro alguém o interpele e diga: "hey! esse cachecol é da Joana Sousa". tenho esperança - mas só porque penso sempre em seis coisas impossíveis antes do pequeno almoço.



Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D