Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

e é isto, senhoras e senhores.


a coisa está assim, até agora.
acabou de seguir via e-mail para El Orientador se pronunciar. têm sido horas, dias, meses de algum desespero, de descoberta, de dificuldades, de superação de obstáculos, de vertigem (hihihih), de busca de soluções, de apoio por parte de quem está perto...
mas a verdade é que é SÓ A MELHOR TESE POSSÍVEL.
sei que não conseguiria fazer melhor, sei que isto foi das coisas mais giras que já fiz;
sei ainda que hoje é dia de concerto. e por isso, vou entrar em estágio.

se tropeçarem em mim, na Bela Vista, não deixem de me beijocar, sim?

ingredientes fundamentais para um ajuntamento de aniversário


palavras sentidas e que fazem sentido


tofu & outras coisas mais para o recheio


pastelices a montes, prontas para o banho de óleo e forno!


'ssoas que... enfim, passemos à frente!


crianças e adultos em parcerias coloridas


e uma mesa farta: batata frita, coca cola, castanhas, arroz, carne, tremoços,  mines, bolo, doce da casa, ice tea e produtos da AVON.

basta juntar tudo, chocalhar
e servir quente (com muito calor humano!)

missão #capuchinhovermelho


Era uma vez uma linda menina que vivia numa aldeia do bosque e de quem todos gostavam muito por ser muito boa e simpática.
Um dia a mãe fez-lhe um capucho vermelho para ela levar para a escola. No trajecto e como era hábito, a menina cumprimentava os animaizinhos, pois conhecia-os e era amiga de todos. Ao vê-la tão bonita com o seu novo capucho eles começaram a tratá-la por Capuchinho Vermelho.
Um dia a mãe chamou-a e disse-lhe:
- Tens aqui uma cesta com SANDOCHAS e um PACK DE MINES  para levares à cA-TEAM. Toma cuidado: não te detenhas no caminho e não fales com desconhecidos.

 

[alguém comentou: «aquele redes já joga há muito tempo, não? tem mesmo aquela coisa do futsal...]
(o redes é o meu manu mai linduh!)


Nesta história, ninguém come ninguém. Mas as 24 mines foram devidamente ingeridas pelos sedentos jogadores, que estavam mesmo a merecer um momento 'squinho!
E o Capuchinho Vermelho foi à procura de jantar, de cesta na mão, alegremente cantando: it's my life, it's now or never...



- E os teus braços são tão grandes!
- São para te abraçar melhor.

 

- Vamos, Capuchinho, vou acompanhar-te a casa, não vá andar por aí outro lobo malvado.
Ao chegaram a casa, Capuchinho Vermelho contou à mãe todas as peripécias que lhe tinham acontecido, pedindo-lhe desculpa por ter desobedecido às suas recomendações e prometendo nunca mais o voltar a fazer. Capuchino teve ainda que se justificar pelas 24 mines vazias encontradas na bagageira do seu carro.

(história do Capucinho Vermelho retirada daqui. obviamente, adaptada!)

o mundo não precisava disto. mas eu, sim!


há dois meses e picos que vertiginei. ora, há dois meses e picos que não conseguia ouvir música no rádio do carro, assim naquele volume alto e estridente, de forma a disfarçar a minha voz de cana rachada.
ontem o mundo foi presenteado com um momento karaoke na minha ervilha como há muito não se ouvia!
a culpa foi da Antena 3 e deste momento que antecipa o próximo domingo.
e vocês não têm a noção como me soube bem: janelas abertas, rádio no máximo e:

ohhhhhhhhhhhhh uere uafw uai dére
ohhhh ohhhh livinone a préeeeeeeeeeeeeeeeeeeee


na categoria #coraçãocheio


já não bastava ter sido presenteada com a notícia da tua existência no dia do meu aniversário [foi uma emoção muito enorme!], sou presenteada pelos teus pais com um convite para ser tua madrinha.

tens consciência que tens uma madrinha vertiginosa? [não é tão mau quanto parece] e que está desejosa de te levar a fazer a primeira tattoo, a acompanhar-te na discoteca, a encher-te as estantes de livros, a comprar-te t-shirts das tuas bandas preferidas? e mais, a ensinar-te as maravilhas da filosofia? a levar-te para os treinos com o Sabum Nim João Sousa? 
(e a mamãe Sabel a preparar-te assim uns pastelinhos daqueles que eu e os teus pais adoramos?)
e os jogos na Luz? ai já me estou a imaginar!
e o nosso primeiro concerto é já no domingo
 [se bem que será o teu 1º concerto intra-uterino, depois cá fora também é bom, há imperial e pão com chouriço... depois a madrinha explica!]

afilhadE, cá te espero. até lá, vamos ensaiar para domingo?

hoje a horta recebeu uma viSita muito especial!


estava SOL e CALOR! mas isso não nos demoveu do nosso objectivo!


brincámos com a terra: para isso basta uma colher e um carro.
 [faz-nos lembrar alguém muito LINDU que também passava horas a brincar com um pedaço de areia, uma colher e um tachinho!]


descalços, sem medo da irregularidade da terra, andámos em busca de caracóis. e encontrámos uma batata (roída pelo amigo coelho!)


visitámos os cachos de cherry! regámos!


e arrumámos o material, com vontade de VOLTAR!

gosto de te ver a crescer, puto!

da minha experiência vertiginosa - as alternativas, as possíveis soluções

já o escrevi e volto a escrever: gosto de alternativas, de possibilidades. ora e uma 'ssoa que gosta disto não pode contentar-se com as respostas da medicina convencional (no que respeita à vertigem e ao acufeno, bem como a outras coisas).
assim sendo, depois da boa experiência com a acupunctura, procurei alternativas noutras áreas. aliás essas coisas é que me procuraram! estranho? não. tenho uma amiga a estudar homeopatia em Madrid e que me propôs ser o seu case study na síndrome de Méniere. e eu disse que sim. enviou-me uma entrevista profundamente detalhada sobre o meu estado de saúde (na perspectiva do todo) e aconselhou-me a toma de chininum sulphuricum. 
após uma semana de toma senti melhorias. e comecei a tomá-lo em plena crise de acufenos (um zumbido que se ouvia na outra banda, certamente, causado por dias de trabalho sem possibilidades de pausa frente ao computador). não sei se o medicamento me eliminou o zumbido do lado direito (não tenho a certeza que o tenha, só me apercebo quando o zumbido está muito acentuado) ou se me aliviou o zumbido em si. mas lá que fui sentindo melhoras... sem dúvida.
além disso e tendo em conta o meu cansaço (usar o computador no trabalho é algo que me perturba muito, mesmo com os óculos com lentes mais escuras), com uma tese para redigir e tudo o mais, iniciei a toma de uma ampola de Memorium Energy por dia. e sinto-me mesmo muito bem. a composição é excelente e foi-me recomendada pela minha nutricionista.
para acabar, fui a uma consulta de reflexologia. o conselho foi de uma amiga. o terapeuta assinalou um problema de vesícula e fígado como causa para o zumbido. e faz todo o sentido, tendo em conta as minhas análises mais recentes. já andava a tomar óleo de salmão para o efeito, mas vou suspender e investir num xarope de alcachofra, boldo e dente de leão. talvez na próxima consulta experimente as velas hopi.
não sei exactamente o que me está a fazer bem ou se é este conjunto de coisas e o facto de ter desacelerado nalgumas coisas da 'nha vida.
mas penso que o caminho está algures por aqui.


Pág. 1/5

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D