Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

all about little lady bug

ir, fazer acontecer, filosofar, sonhar, amar, amarfanhar, imaginar, criar, dançar, aprender e escrever - não necessariamente por esta ordem

Tochas, vacas e bidés: a 'nha vida é isto.


gostei de te ouvir a falar, sobretudo porque contas estórias, és bem disposto, passas umas mensagens de uma forma altamente cinestésica. man, gostei de te ouvir (ups, estou a repetir.me)

e porque fui ao Olga Cadaval ouvir-te, conheci a Mary John

(no final do espectáculo, alguém me toca no braço)
MJ: olá. és a Lady B?
lady B: Lady Bug, sim! sou eu
MJ: olá, eu sou a amiga da Shorty, a MJ!
lady B: ah sim! já deixei a Shorty à porta da tua casa. e já a fui lá buscar. e digo-te, tens uma porta de casa que é um mimo!

[moral da estória: o mundo é um bidé]

«Pilar, tive uma ideia sobre Caim.»

O filme sobre os últimos anos da vida de José Saramago é imperdível. Quer se ame ou não esta figura, o Nobel da Literatura não nos deixa ficar indiferentes. Convicções e polémicas à parte, é uma doçura ver as imagens de Saramago, lado a lado com Gabriel Garcia Marquez, com os olhos semi cerrados, numa conferência numa Universidade do México. Ou vê-lo a trabalhar, ao computador, com o Camões (o cão) a seus pés.


Não fazia ideia de que Saramago tinha começado a viver da escrita já com 60 anos. Conhecia muito pouco da sua vida e da vida da mulher que é Presidenta da Fundação Saramago. Um(a) Pilar cheia de força.

Nunca fui fã da escrita de Saramago. O Memorial do Convento não me traz boas recordações. Mas um dia alguém me disse: Joana, deves ler o Ensaio sobre a Cegueira, ainda que não leias nada mais do Saramago.

E assim fez. Livrei-me da cegueira branca perante o autor e deliciei-me com o livro. E o filme. E quando o polémico Caim viu a luz do dia, fui atrás dele. E aproveitei as viagens de metro para entrar no universo de um outro Caim, que eu ainda não conhecia.

Deixei as Intermitências da Morte a meio. Um dia volto lá.

Às palavras do homem cuja família se cruza com a minha, numa aldeia chamada Azinhaga. Uma aldeia da qual tenho poucas recordações, a não ser de um tal de António Saramago que era meu avô. Que possivelmente se encontrou com o José de Sousa Saramago, num «outro sítio».



José e Pilar

um dia vou ter uma ecobola cá em casa. hoje foi o dia.


ei-la! a ecobola, que nos permite poupar dinheiro e o ambiente. ei-la em todo o seu esplendor a fazer PIKABUH no tambor da máquina de roupa escura.

E perguntam vocês: o que é a ecobola?


«A ECOBOLA não é um produto milagroso, é somente um produto inovador protector do ambiente, fruto de um profundo desenvolvimento cientifico. Possui princípios activos graças a quatro diferentes cerâmicas naturais contidas no seu interior. Estas cerâmicas geram iões negativos e raios infravermelhos. Estes raios infra-vermelhos modificam as combinações moleculares da água, activando o poder da lavagem e os iões negativos enfraquecem a aderência da sujidade favorecendo a sua eliminação sem necessidade de detergente.



Os vários tipos de cerâmicas que a ECOBOLA contém são: Cerâmicas alcálinas, que mantêm o pH próximo de 10, como os detergentes, ajudando a remover a sujidade. As cerâmicas anti-bacterianas eliminam o bolor e os organismos patogénicos na máquina de lavar e activam a água. E as cerâmicas anti-cloro, eliminam o cloro presente na água, retirando também a tensão à água, aumentando o poder de limpeza.» (retirado DAQUI)

a ecobola pode ser usada em 1000 lavagens. sim. 1000 lavagens. façam lá as contas: quantos € vocês têm que gastar em detergente para fazer 1000 lavagens?
e agora digam: não compensa comprar UMA ecobola que custa 39 euros?

e resulta. até a mamãe Sabel ficou admirada. mas RESULTA! na roupa escura e na roupa branca.
a roupa fica lavada, mas não tem cheiro a brisa do mar ou a sabão. pois, é que esses cheiros são os detergentes e os amaciadores tradicionais que deixam na roupa.
mas se fazem muita questão de manter o cheiro, pode adicionar-se uma percentagem mínima de amaciador.



(lá está ela, a rodar, a rodar... ninguém pára a minha ecobola!)

e o manu lindu já têm a sua ecobolsa, para a máquina de lavar loiça. e adivinhem... RESULTA!

onde comprar a ecobola e a ecobolsa?

basta escrever para  geral@globalsantept.com
os moços são uma simpatia e indicam, a partir das zonas que escolhermos, os locais de compra

(já ouvi dizer que há por aí «imitações», ecobolas mais baratas... umas resultam, outras não.
cá em casa optámos por comprar as da Global Santé,
pois uma amiga tinha comprado e estava satisfeita. aliás, ainda está, não estás, Yana?)


NOTA: a Global Santé não me paga para fazer PUB a estes produtos.

ACTUALIZAÇÃO: a Ana C. contou, através do Facebook, que é fã da ecobola, mas que com três crianças pequenas por casa (e as nódoas nas quais isso se traduz, salvo seja) tem alguma dificuldade em usar a ecobola de forma «pura». Ou seja, tem que recorrer ao tira nódoas com frequência e usa muitas vezes com aditivo de detergente. Ainda assim... é fã!

a #buate da Kabra



(ler do fim para o princípio: o relato possível de mais uma noite na #buate da Kabra
no twitter sigam a hashtag twitterportugal.com/topico/buate)


Das 22h às 23h, a noite de 14 de Novembro conheceu animação com fartura, grandes êxitos musicais (diz que passou o Tony Carreira, mas é boato…) e «bubida» com fartura.
E lá nos safámos da ASAE… quer dizer, quase!


tinha de vir a ASAE, agora que tou c'o pifo RT @ZorGabor: toca a andar daqui pra fora #buate a autoridadae quer selar o estabelecimento

De mim tb, e ainda esfolei um joelho ;) @LxMaria @CeuL isto da #Buate deu cabo de mim! Bjinhos


QUAL TV QUAL CARAÇAS...VIVÁ BUATE RT @ZorGabor: As 25 hashtags mais frequentes das últimas horas: 1. #buate (606) 2. #idolos

tchiii até já escorregam nas cascas ehehe RT @_ricards_: @joaocaixinha Tramoços e minuins! @Apdeites #buate

@JoanaRSSousa tomorrow SHOPPING... n vens mais de pijama pra #buate

Eu danço! Varremos o chão ao mesmo tempo! RT @_ricards_: -o- - o>
[Error: Irreparable invalid markup ('<o->') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="http://3.bp.blogspot.com/_N60W6P6v0Uk/TOrAKDjpN6I/AAAAAAAAHlw/sa9C3YvvuHo/s1600/cabra.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="274" ox="true" src="http://3.bp.blogspot.com/_N60W6P6v0Uk/TOrAKDjpN6I/AAAAAAAAHlw/sa9C3YvvuHo/s320/cabra.jpg" width="320" /></a></div><br /><br /><div style="text-align: center;">(ler do fim para o princípio: o relato possível de mais uma noite na #buate da Kabra </div><div style="text-align: center;">no twitter sigam a hashtag <a href="http://twitterportugal.com/topico/buate">twitterportugal.com/topico/buate</a>) </div><br /><br /><strong>Das 22h às 23h, a noite de 14 de Novembro conheceu animação com fartura, grandes êxitos musicais (diz que passou o Tony Carreira, mas é boato…) e «bubida» com fartura.</strong><br /><strong>E lá nos safámos da ASAE… quer dizer, quase!</strong><br /><br /><br /><em><span style="color: #8e7cc3;"><strong>tinha de vir a ASAE, agora que tou c'o pifo RT @ZorGabor: toca a andar daqui pra fora #buate a autoridadae quer selar o estabelecimento</strong></span></em><br /><br /><em><span style="color: #990000;">De mim tb, e ainda esfolei um joelho ;) @LxMaria @CeuL isto da #Buate deu cabo de mim! Bjinhos</span></em><br /><em><br /></em><br /><div style="text-align: right;"><em><span style="color: #c27ba0;">QUAL TV QUAL CARAÇAS...VIVÁ BUATE RT @ZorGabor: As 25 hashtags mais frequentes das últimas horas: 1. #buate (606) 2. #idolos</span></em></div><br /><div style="text-align: center;"><em><span style="color: #e69138;">tchiii até já escorregam nas cascas ehehe RT @_ricards_: @joaocaixinha Tramoços e minuins! @Apdeites #buate</span></em></div><br /><em><span style="color: #38761d;">@JoanaRSSousa tomorrow SHOPPING... n vens mais de pijama pra #buate</span> </em><br /><br /><em><span style="color: #e06666;">Eu danço! Varremos o chão ao mesmo tempo! RT @_ricards_: -o- - o&gt; <o><o o=""><o><o- #buate="" -o-="" a="" comigo!<="" dançou="" font="" macarena="" ninguém="" ♪♫=""></span></em><br /><br /><div style="text-align: right;"><em><span style="color: #674ea7;">Não tenho sorte nenhuma... RT @isv5: @numitwite : lamento mas a #buate já fechou (a baixar 1 pouco mais o decote) Volta para a próxima</span></em></div><br /><div style="text-align: center;"><em><span style="color: purple;">RT @AndreFrazao: com tanto fumo nem se vê a saída, já espetei 3 vezes com os cornos no varão@LIAWHITING1: PESSOAL TÁ TUDo A SAIR DA #BUATE</span></em></div><em><br /></em><em><span style="color: #b45f06;">I'm DJ Lady Bug from #comasopa radio RT @BUGabundo: @JoanaRSSousa mulher tu akeces o ambiente #buate</span></em><br /><br /><em><br /></em><br /><div style="text-align: center;"><em><span style="color: #990000;">Trabalha mas é! RT @isv5: @marlenedacal : Um black Russian pr mim já! #buate (a brincar com as madeixas do @numitwite</span></em></div><em><br /></em><em><span style="color: #741b47;">" apitó comboio..." RT @JoanaRSSousa: pessoal da #buate, 'tá fazer comboio</span></em><br /><br /><div style="text-align: center;"><em><span style="color: orange;">*abanando as congas* #buate</span></em></div><br /><div style="text-align: right;"><em><span style="color: #6aa84f;"><strong>OFERECIDAAAAAAAAAAAAAAAAA RT @janlamour: acho que hoje termino à noite com o porteiro da #buate ----------------------&gt; @nm_master</strong></span></em></div><em><br /></em><br /><em><span style="color: #f6b26b;"><strong>DÁ DIREITO A UM FERRO A VAPOR E UNS LENÇOIS FLANELA RT @Rui_Garcia: Ó PESSOAL çagente escrever #buate muntasvezes dará direito a algum PAD ?</strong></span></em>

«oh miga! mas foste falar sobre budismo? nem sabia que percebias disso!»


na verdade, nem eu própria sabia!
mas foi uma viagem interessante, a de navegar pelos apontamentos dos cursos do professor Carlos Silva, abrir os livros nos quais há muito não mexia desde que me envolvi nestas coisas das consultorias e dos recursos humanos.
e tudo porque o amigo Marco A. Pires me convidou para ir à turma dele falar sobre Buda.

«se vires um buda... mata-o!»

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D